30 de setembro de 2005

Carrocinha Escolar


Nâmaskar

O quadro Mahishasura do artista plástico indiano Tyeb Mehta foi vendido na Christie de Nova York por 7 milhões de rúpias. Esse foi o maior valor já pago por uma obra de arte indiana comtemporânea.

***
O grupo de rock dinamarquês Michael Learns To Rock está novamente se apresentando em um tour pela Índia. Eles já fizeram show na cidade de Bangalore e agora vão se apresentar em Mumbai.

***
Visto a quantidade de atentados terroristas que acontecem em templos hindus aqui na Índia, o templo Siddhivinayak de Mumbai resolveu fazer um seguro específico em caso de ataque terrorista. O seguro cobre 150 devotos. Agora já dá pra se rezar mais em paz!

***
Sania Mirza, a tenista indiana que anda fazendo sucesso nas quadras é acompanhada por forte esquema de segurança onde quer que vá. Os muçulmanos radicais continuam indignados com as roupas que ela usa nos jogos de tênis e já ameaçaram-na diversas vezes. Eles querem que ela use burca!

***
Os pais que procuram dar a melhor educação para seus filhos aqui na Índia pagam por baixo do pano cerca de 400 mil rúpias por uma vaga nos melhores prézinhos de Delhi. Sim, você leu certo, cerca de 22 mil reais por uma vaga em um pré de renome, onde sua criança irá brincar ao lado dos filhos de VIPs.

Enquanto isso .... o sobrinho do meu esposo está sempre doente, com febre e algum tipo de virose. Quando perguntei se a criança sofre de algum problema no sistema imunológico, recebi como resposta o seguinte: “É que o prézinho que ele frequenta (ele tem 3 anos de idade) é tão lotado, que as crianças ficam literalmente encostadas umas as outras por falta de espaço, o que facilita a contaminação”.

Sabia que aqui na Índia tem “carrocinha” pra crianças?! Sério, o transporte escolar de crianças pequenas é feito numa espécie de carrocinha puxada a bicicleta. A criançada vai toda sacudindo na parte de trás, pois o que tem de buracos na pavimentação, é pior que o solo lunar! Veja a foto.

***

Respondendo as perguntas feitas por e-mail, os indianos não gostam de animais domésticos segundo os moldes ocidentais (gatos, cachorros, passarinhos, peixinhos etc). Para eles animais domésticos são vacas, porcos, cabras e cabritos, elefante, camelo etc.

Só agora começou a aparecer lojas de animais (pet shop). Todas em bairros classe A, para atender a pequena demanda de indianos ricos que viajam pro ocidente e começam a copiar certas coisas da cultura ocidental, como ter um cachorro de raça e pedigree como símbolo de status.

Os gatos ainda não são aceitos como animais doméstico. Passarinho e peixinho, nem se fala!

Incredible India! (slogan do governo indiano)

Om Shanti