2 de outubro de 2005

Mahatma Gandhi


Nâmaskar

Hoje, dia 02 de Outubro, comemoramos o aniversário de nascimento de Mohondas K. Gandhi.

Em primeiro lugar, sugiro que você assista novamente ao filme Gandhi que ganhou 9 Oscars em 1982. Preste muita atenção não somente no Gandhi e sua história de vida mas também nos arredores, nas pessoas e no cenário, pois a Índia mudou muito pouco na área rural; e a Índia do filme é a Índia de hoje.

Gandhi nunca gostou do título de Mahatma pois sabia de suas falhas como marido e pai.

Seu nome era Mohandas Karamchand Gandhi. Ele estudou direito na Inglaterra onde morou por vários anos. Rabindranath Tagore deu-lhe o título de Mahatma Gandhi, enquanto Subhas Chandra Bose referia-se a ele como “O pai da nação”.

Gandhi guiava-se pelos seguintes princípios: Ahimsa (não violência), falar sempre a verdade, fim do separatismo religioso (briga entre hindus e muçulmanos), fim do sistema de castas indiano e muitos outro princípios nobres. Ele fundou um ashram na África do Sul, assim como em Sabarmati no estado indiano de Gujrat (que ainda existe em pleno funcionamento).

Gandhi foi casado com Kasturba e tiveram quatro filhos. Apos ter tido quatro filhos ele passou a acreditar que cada casal deveria ter apenas uma criança. Com certeza a população indiana não seguiu essa filosofia, mas sim seu exemplo e atualmente a Índia é o segundo país mais populoso.

Sua autobiografia é com certeza sua obra mais conhecida, chama-se “The Story of My Experiments With Truth”, traduzida para o português como: “Minha Vida e Minhas Experiências com a Verdade”. Ele escreveu ainda mais de 20 livros (não sei se foram traduzidos para o português).

Aqui em Delhi há um lindo jardim (Raj Ghat) ao redor do local onde Mohondas Gandhi foi cremado após ter sido assassinado por um fundamentalista hindu. O local possui uma grande plataforma de mármore preto marcando o local exato de sua cremação e onde arde um fogo eterno. A entrada é franca.

O Gandhi Memorial Museum também é gratuito e a arma que o matou está em exibição. Aos domingos das 16 às 17 horas é exibido um filme sobre Gandhi.

Em 2002 o governo da Índia doou à cidade de São Paulo uma estátua de bronze de Gandhi em tamanho natural. A peça está entre o Parque do Ibirapuera e a Assembléia Legislativa, na praça Túlio Fontoura, que passou a se chamar Espaço Gandhi. A escolha da cidade para receber a estátua do líder que levou a Índia à independência em 1947 foi o trabalho da Associação Palas Athena, que divulga o pensamento de Gandhi no Brasil.

Fica aqui minha homenagem a esse homem e com certeza o mais conhecido personagem da Índia.

Om Shanti


.