1 de novembro de 2005

Feliz Diwali !!!


FELIZ DIWALI !!!!

Namastê

Hoje é Diwali, feriado no norte da Índia.

Diwali é conhecida como a festividade das LUZES.

As pessoas enfeitam o lado de fora de suas casas com luzinhas piscantes como as usadas aí nas árvores de Natal; ascendem velas, diyas (lamparinas), tochas; e estouram muitos fogos de artifício, num verdadeiro “foguetório” particular.

Não é uma coisa organizada e bonita como tem no Rio de Janeiro no final do ano. Aqui cada um estoura seus fogos em sua casa mesmo ou na rua. É simplesmente indescritível a quantidade de fogos. O ar fica tão carregado com pó de sulfa e outras químicas que fica muito difícil para se respirar e tem gente que vai parar no hospital para tomar oxigênio.

A explicação popular para o Diwali é fazer muito barulho para espantar os maus espíritos e ascender luzes e velas fora de casa para que eles não entrem em sua casa. Uns interpretam Diwali como a vitória do bem contra o mau. Mas eu prefiro a simbologia da saída da escuridão, ignorância, trevas, para a LUZ (iluminação espiritual). Na verdade é uma festa muito bonita e eu adoro caminhar pelas ruas observando as luzes das casas e vendo os fogos de artificio, lindos e coloridos estourando no céu com seus diferentes formatos! FELIZ DIWALI ou FESTA DAS LUZES para todos vocês! Que nosso Poder Superior ilumine a todos!!!!!

******

Segundo Pandikattu Kuruvilla, professor de filosofia da JDV e pároco do Seminário Papal Ornellas Coutinho; a igreja católica aqui está se “indianizando”. “Um grande número de padres cristãos estão seguindo as regras de ashrams como em Bethany Vedavijnana Peeth em Pune, Satchitananda Ashram em Trichy, Kurusumala Ashram em Kerala e Sameskshna Ashram em Kalady, Kerala", disse Kuruvilla. Os padres estão praticando o vegetarianismo, organizando satsangs e lendo o Bhagvad Gita entre outras coisas.

Eu particularmente acho muito enriquecedora a possibilidade de expandir os horizontes espirituais através do intercâmbio entre as coisas positivas de cada religião. O dia que todos entenderem e respeitarem os diferentes princípios religiosos uns dos outros, muitas guerras, intolerâncias e terrorismo acabarão.

******

A Toyota vai entrar no mercado indiano de carros compactos (econômicos) aqui na Índia e vai investir de imediato 800 milhões de rúpias. Todo investimento é bem-vindo atualmente, a Índia já não quer mais ter uma economia fechada e protecionista como vinha tendo. A Índia de agora faz-me lembrar do Brasil no final da década de 70 e dos anos 80, tentando se modernizar e crescer economicamente.

Vou sentir saudades do único carro indiano, o Embassador. Muito lindo ele, com carinha de anos 50 (mas são atuais, é que preserveram a modelagem). Espaçoso por dentro, lataria reforçada. Aqui em Delhi já quase não tem mais, mas Calcutá ainda está cheio :)

Incredible India!

Om Shanti