30 de outubro de 2005

Filme Assassino


Nâmaskar


Desde que vim para a Índia no final de 1999 já ocorreram 5 atentados na capital, Delhi.

Os 2 atentados que mais me chamaram a atenção foram naturalmente os dois que ocorreram em 2005.

Lógico que isso se deve ao fato de eu agora morar em Delhi e de que antigamente morava em Kolkata (antiga Calcutá).

O atentado a bomba que ocorreu no dia 22 de Maio desse ano foi um atentado duplo, ou seja, duas bombas explodiram simultaneamente em dois cinemas diferentes de Delhi, que exibiam ao filme Jo Bole So Nihaal. Esse atentado feriu mais de 40 pessoas e matou uma. O filme foi retirado de cartaz como medida de segurança para evitar ataques futuros.

Recentemente tive a oportunidade de encontrar o tal filme em uma video-locadora em formato VCD. Peguei-o para assistir e logo observei que o nome do filme, já logo na capa, estava coberto por uma fita adesiva.

Fui para casa, coloquei o VCD para rodar no computador (ainda não tenho DVD player) e fiquei ainda mais surpresa .... lembra daquela autorização do governo que os filmes recebem e que passa nos cinemas antes do filme?
Pois bem, não é que o nome do filme também estava riscado e apagado da autorização!!!! Nossa, fiquei super curiosa, pensei .... esse filme promete, por isso que até tiveram duas bombas, dois ataques terroristas!

O filme tem como ator principal o punjab Sunny Deol no papel de um policial punjab que é uma pessoa simples, de bom coração e que não fala inglês. O filme é uma comédia muito leve com muita ação e porrada.

O policial é o único que conhece um bandido procurado internacionalmente por diversos países, e por isso é enviado aos Estados Unidos para ajudar na sua captura.

Na verdade o filme me desapontou muito. Não há nada que o destaque em especial em relação aos outros filmes indianos.

Não sei o que significa seu título, mas creio que o problema deva estar nas palavras, pois o filme é fraquinho. Com certeza não é motivo para se matar uma pessoa e ferir 40 com dois atentados terroristas.

Incredible India! (slogan do governo indiano)

Om Shanti

29 de outubro de 2005

TERRORISMO EM DELHI

Nâmaskar

Diversas bombas explodiram em diversas áreas comerciais de Delhi hoje.

O festival das luzes se aproxima (DIWALI) e as áreas comerciais andam repletas de pessoas fazendo suas compras.

Para as pessoas do norte da India Diwali é como o Natal para os cristãos, ou seja, época festiva em que se reunem parentes e amigos e se troca presentes.

Horrível, muito triste mesmo ver as pessoas feridas, sangrando e mortas. Elas estavam inocentemente e todas felizes fazendo suas compras para seus entes queridos.

Eu acabei de voltar ONTEM de um dos mercados que foi atingindo por uma das bombas! Se tivesse ido lá hoje talvéz não estivesse aqui agora escrevendo o blog para você!

Atentados terroristas em templos, trens e locais de grande aglormerações, enchentes, terremotos, sequestros de aviões, tsunami e tantos outros problemas que temos aqui na India como epidemias, doenças tropicais etc. colocam a vida das pessoas que aqui vivem em perigo constante. Eh complicado morar na India :( 

Como qualquer pessoa, eu também estou sujeita a um incidente desses. Já escapei de vários por 1 dia de diferença, mas até quando o Poder Superior vai continuar sendo tão bondoso comigo???

Até comer um simples lanche no MacDonalds é um risco de vida aqui!

Há locais que meu esposo se recusa a me levar pois diz que é ainda mais perigoso para mim que sou estrangeira. Os grupos terroristas gostam de pegar estrangeiros como refém.

Os turistas estão apavorados e desesperados por antecipar suas passagens aereas e cair fora daqui o quanto antes. Muitos deles estavam nos diversos mercados fazendo compras também quando as bombas explodiram.

Bom, já sabe, o dia que eu sumir do blog sem dar satisfação ....

Incredible India! (slogan oficial do governo indiano)

OM Shanti

27 de outubro de 2005

Fim da Série - MAHA


Nâmaskar

Nâmaskar é mais usado pelo pessoal do nordeste da India e pelo pessoal que fala bengalês.

Namastê é mais usado no norte da India e pelo pessoal que fala hindi. Ambos os vocábulos tem sua origem no sânscrito.

É tão somente um cumprimento respeitoso e humilde. É usado como oi, olá, tchau, bom dia, boa tarde e boa noite. Em fim, uma palavra realmente multi-uso!!!

Ainda significa que meu deus interior reconhece e cumprimenta o seu Deus interior, partindo do princípio que Deus está dentro de nós e que nos criou, portanto somos um pedacinho dele, como meu Mestre diz: somos uma gota no imenso oceano.

No Brasil sei bem que o pessoal que pratica yoga conhece bem o namastê mas aqui na India as duas palavras são muito comum e ambas são usadas.

Hoje é nosso último dia da série especial MAHA.

Essa foto é do maior relógio de sol do mundo e fica no Jantar Mantar de Jaipur.

Mais detalhes sobre Jaipur na postagem Jaipur. Nessa postagem sobre Jaipur eu escrevi o que Jantar Mantar significa.

Obrigadão a todos os emails carinhosos e cheios de elogios assim como os comentários no blog!!

Incredible India! (slogan do governo indiano)

Om Shanti


26 de outubro de 2005

Série Especial - MAHA


Nâmaskar

Apresento hoje a penúltima foto da série especial MAHA.

É do Jaya Vana, o maior canhão com rodas do mundo e que está no livro de records mundiais.

Ele fica no Forte Jaigarh em Jaipur, capital do estado do Rajastão. Esse é um forte particular e que pertence aos descendentes do maharaja Singh.

O canhão foi disparado uma única vez, no dia de sua inauguração. Foi tão forte seu estrondo e tremor que destruiu várias casas e construções e matou diversos animais de susto devido ao seu enorme barulho.

Eles vendem no local uma réplica linda do canhão que é realmente uma graça, fiquei com muita vontade de comprar uma, mas não tinha 200 reais para desembolsar. Uma pena :(

Incredible India! (slogan do governo indiano)

Om Shanti

25 de outubro de 2005

Série Especial - MAHA



Namaskar

Hoje você está vendo na foto aí ao lado a conhecida Jama Masjid.

Jama Masjid é a maior mesquita (casa de orações muçulmana) da India.

Ela está localizada no norte de Nova Delhi, na parte antiga e muvucada da cidade.

Aproveitando para esclarecer melhor, visto que uma grande quantidade de leitores desse blog são de professores, a palavra 'Masjid' significa Mesquita. Vou começar a cobrar pelas aulas :)

Incredible India! (slogan do governo indiano)

Om Shanti

24 de outubro de 2005

Série Especial - MAHA


Namaskar


Esse sadhu indiano consegue carregar uma grande pedra pendurada no pênis.


Este sadhu é o que carrega a pedra mais pesada.
Incredible India! (slogan do governo indiano)

Om Shanti

22 de outubro de 2005

Série Especial - MAHA


Namastê

Hoje apresento o indiano com o mais longo bigode.

Fiquei sabendo que o senhor que tinha o bigode mais longo era do Paquistão, mas que lhe passaram a faca na garganta dele. Não sei se essa estória procede mas não é difícil de acreditar pois no Paquistão (país vizinho) o bicho pega feio!

Em todo caso agora é esse indiano aí da foto que ficou como o maior bigodudo. Olha só a turista segurando no bigode do indiano. E tem mais alguém puxando a outra ponta do bigode dele pro lado, observe!

Os rajastaneses (indianos do estado do Rajastao) tem muito orgulho de seus bigodes.

Incredible India!

Om Shanti

20 de outubro de 2005

Série Especial - MAHA


Nâmaskar

Aqui vai mais uma grandiosidade indiana.

O indiano com a mais longa barba.

Esse com certeza é o único cara que pode usar a expressão 'isso é barbada' sem peso na consciência :-)

Ainda bem que a barba foi toda enroladinha, já pensou esse cara tomando sopa ou comendo macarronada com a barba solta?

Incredible India! (slogan do governo indiano)

Om Shanti

19 de outubro de 2005

Série Especial - MAHA


Namaskar

Apresento hoje para você o indiano com as mais longas unhas do mundo!!

Ele também faz parte do livro de records mundiais e já se apresentou em progromas de TV como "Acredite se Quizer".

Todas as noites a esposa dele tem que lavar as unhas do marido com ácido bórico e depois secá-las bem para que não criem fungos!

E ainda tem brasileira que reclama que o marido não corta as unhas e não se cuida :)

Incredible India!

Om Shanti

Série Especial - MAHA


Namastê

Dando continuidade a nossa série especial MAHA apresento hoje pra vocês
o indiano com a mais longa sombrancelha!!!!!

Participe do grupo Indiagestao da yahoo.


Incredible India!

Om Shanti

17 de outubro de 2005

Série Especial - MAHA


Namastê

Segue esta semana no blog Indiagestao série especial MAHA .



Maha significa GRANDE.

Hoje apresentando para você o indiano com os maiores pêlos na orelha!!!!!!

A persistência (e o uso de xampus especiais) levou Radhakant Bajpai de sua mercearia na Índia para a próxima edição do Guinness, o livro dos recordes.

Com impressionantes 13,2 cm de "formação capilar" saindo de uma de suas orelhas, Bajpai é a pessoa com "o pêlo mais longo de orelha do mundo".

A medida foi confirmada pelo médico Dr. R. P. Gupta nesta segunda (10), e levou Radhakant Bajpai a agradecer a Deus. Segundo o site "Ananova.com", ele também pediu que as pessoas levassem o assunto mais a sério.

Segundo o site, os tufos de pêlo das orelhas de Bajpai, juntos, dariam quase 25 cm, o suficiente para formar dois pequenos rabos-de-cavalo.

INCREDIBLE INDIA! (slogan do governo indiano)

Om Shanti

Metrô de Delhi


Nâmaskar

Ontem, domingo, fui fazer um programa alternativo. Fui juntamente com meu esposo e minha sogra, conhecer o metrô de Delhi.

Ao entrar na estação CP a primeira coisa que notei foi um leve cheiro de cimento no ar.

As tarifas são diferenciadas, ou seja, dependendo até onde você vai, paga-se um preço diferente. A passagem mais barata é de 6 rúpias e a mais cara é de 14 rúpias. Nós compramos passagens de 10 rúpias cada.

O mais interessante é que a passagem não é de papel com faixa magnética como no metro de São Paulo, mas sim uma fichinha de plástico como uma moeda.

Antes de se chegar ao bloqueio (catraca), há que se passar por um detector de metal e depois por uma rápida revista. Desconfortos de um país já acostumado ao terrorismo.

Passada a revista pessoal, é chegada a hora de passar pelo bloqueio eletrônico. Basta encostar a fichinha plástica (que contem um chip) no local apropriado no painel, que as portinhas se abrem e você finalmente passa.

O metrô de Delhi possui no momento 3 linhas (azul, vermelha e amarela).

Nós fomos conhecer primeiro a linha amarela que é toda subterrânea. São 11 km com 10 estações. Depois fomos conhecer um trecho da linha vermelha (22 km com 18 estações) e é elevada. A linha azul decidimos não visitar pois já estava se tornando cansativo (32 km com 31 estações).

O metrô aqui funciona das 6h00 às 22h00 todos os dias e o tempo médio de intervalo entre os trens é de 5 minutos em horário de pico e de 15 minutos nas horas de menor movimento.

Os vagões são mais largos do que os de São Paulo. Há uma barra central para as pessoas se segurarem onde encontramos alças como nos trens.

A característica mais interessante, sem dúvida alguma, é o fato dos vagões NÃO possuírem separações entre si. É como um longo trem sem divisões. Eu estava no último vagão e podia ver lá longe, ao fundo, as pessoas no primeiro vagão!!! Quando há uma curva, você pode ver o trem todo se curvando pra lá e pra cá como se fosse uma cobra! Adorei!!!!

Dentro do vagão há 3 tipos de placas informando as estações, uma fixa em inglês, uma fixa em hindi e uma eletrônica em ambas as línguas. O aviso sonoro também é feito em hindi e inglês.

A eletrecidade não é provida por baixo como no metrô de SP mas sim por cima.

As mulheres indianas usam sari (6 longos metros de tecido enrolado ao corpo sem costuras, ziper ou botão) que vai até os pés. Esse monte de pano aliado a falta de prática, torna o acesso as escadas rolantes um verdadeiro dilema e batalha! Elas riem, tem medo, suam frio, ficam sapateando pra lá e pra cá sem coragem de pisar nos degraus da escada. Empatam os que querem subir e por fim, vão agarradíssimas ao corrimão, como se fosse a própria vida. Ninguém se oferece para ajudá-las pois escada rolante é novidade para todos, inclusive para os homens. Descer da escada rolante é outra aventura, mas muito mais tranquila do que subir ‘no troço em movimento’. O gostoso é ver ao final, todos rindo e felizes por terem conquistado a "fera" rolante e terem dado mais um passo a modernidade, que aos poucos vai se instalando na nossa amada Índia de mais de 5 mil anos!!!!!!!

Participe do grupo Indiagestao da Yahoo.

http://www.indiagestao.blogspot.in/ o único blog em português com notícias da Índia.

Incredible India!

Om Shanti

16 de outubro de 2005

Maharaja


Nâmaskar

Atualmente os maharajas (marajas) continuam morando em seus palácios herdados dos tempos de outrora.

Em ocasiões especiais e comemorativas os maharajas ainda usam suas ricas vestimentas coloridas adornados por jóias com pedras preciosas. Eles usam colares, brincos nas duas orelhas e turbantes; o mesmo vale para as maharanis (esposas dos marajas), elas so nao usam turbante.

Alguns maharajas estão na política, outros estão na diplomacia, uns vivem do aluguel de suas propriedas, outros obtem lucros com a visitação de seus palácios por parte dos turistas ... Cotinuam ricos ou pelo menos ‘bem de vida’ como se diz no Brasil.

A maioria possui atualmente somente uma esposa. Já não possuem mais harem, como antigamente.

O povo local ainda se regala na pompa de seus maharajas e maharanis como os ingleses o fazem em relação a sua rainha.

Ser um maharaja não tem uma conotação ruim aqui, como a dada pelo ex-presidente Fernando Collor.

É difícil dizer com precisão quando os maharajas surgiram na Índia, mas com certeza os primeiros datam do século VII AC. Os maharajas são basicamente hindus, sendo que há nomes diferentes para os muçulmanos que ocupavam a mesma categoria social.

CORTESIA DO BLOG INDI(A)GESTÃO:
Atenção professores, jornalistas e leitores do blog, aprenda gratuitamente e repasse aos seus alunos.
Mas não se esqueça de mencionar a fonte http://www.indiagestao.blogspot.in/

Hindu - Muçulmano
Raja   -   Nawab
Maharaja - Badshah
Samrat   -   Samrat

Traduzindo...
Raja = Rei
Maharaja = Marajá
Samrat = Imperador

Participe do grupo da yahoo/indiagestao.

http://www.indiagestao.blogspot.in/ o único blog com notícias da Índia em português.

Incredible India!

Om Shanti

15 de outubro de 2005

Casando no Hinduismo


Nâmaskar,

Alon Orpaz e Tehila Salev, um casal de israelitas que se abraçaram e beijaram assim que sua cerimônia de casamento hindu foi concluida na cidade de Pushkar foram multados em 22 dólares por indecência. Eles não sabiam que na Índia beijar em público é ilegal. Eles preferiram pagar a multa e fazer um pedido de desculpas público a ficarem 10 dias na cadeia. Segundo os sacerdotes hindus, o casal feriu os sentimentos hindu e agiu desrespeitosamente para com a religião na qual escolheram se casar.

Eu conheço 4 brasileiras casadas com indianos que apesar de serem evangélicas casaram-se na religião hindu. Conheço também católicas que fizeram o mesmo. Como a cerimônia de casamento hindu é bem elaborada, rica e cheia de detalhes, as brasileiras e as estrangeiras gostam de se casar segundo a tradição hindu. As pessoas se deixam levar pela pompa e riqueza e se esquecem do fundamental – o significado espiritual da união de duas pessoas.

Case-se no hinduismo mesmo sem ser hindu se você quiser. Renegue sua própria religião, crenças e costumes. Comece sua vida de casada casualmente. Deixe-se levar pela beleza e riqueza de uma cerimônia sem significado religioso para você; mas pelo menos, tenha o bom senso de se informar antes. Aprenda e saiba pelo menos um pouco do que se deve fazer e do que não se deve fazer.
Pergunte o significado dos slokas sânscritos que você terá de repetir, para não ficar repetindo no vazio como um papagaio. Tente fazer da cerimônia hindu algo com peso emocional e espiritual para você. Leve-a com seriedade. E evite gafes ou mesmo evite acabar 10 dias na cadeia!

Não faça o que uma brasileira que se casou com um indiano no ritual hindu faz atualmente, ou seja, renegar completamente a religião hindu na qual se casou. Chamar os hindus de cultuadores do diabo, proibir os filhos de visitarem templos hindus com seu pai e aos avós paternos e machucar profundamente o sentimento religioso de seu marido. Tenha concistencia em seus atos. Tenha respeito pela religião do seu esposo e pela religião na qual se casou; ou nao se case no hinduismo!

Evite problemas futuros casando-se em igrejas e templos de sua própria religião. Não se deixe levar pelo entusiamo de ter uma cerimônia religiosa “diferente”. Leve seu casamento a sério desde o princípio ou pelo menos não renegue mais tarde a religião na qual você mesma decidiu se casar.

Outra coisa para se pensar é por que os sacerdotes hindus aceitaram realizar a cerimônia de casamento hindu para um casal de estrangeiros não hindus? Como pode????
Resposta: $$$$$$

Conheço uma moça sikh que casou-se com um hindu e realizaram 2 casamentos, um segundo a tradição sikh e outro segundo a tradição hindu.

***

Há previsão de chuva e queda de neve na região noroeste da Índia, a região mais atingida pelo terremoto. Se chover e nevar, o trabalho de resgate terá que ser suspenso. O trabalho de resgate nessa região já é difícil pela topografia local e pela falta de equipamento adequado, se chover vai ficar impossível.

O resgate e ajuda humanitária é feito com macas improvisadas de bambu e com burros e cavalos pra te dar uma idéia da precaridade da coisa. Mesmo assim, hoje, a mais de 100 horas do primeiro terremoto (já houveram outros desde então) uma criança foi retirada viva dos escombros.

Participe da comunidade Orkut, Eu Leio Indi(a)gestão.

http://www.indiagestao.blogspot.in/ o único blog em português com notícias da Índia.

Incredible India! (slogan do governo indiano)

Om Shanti

14 de outubro de 2005

Dussehra & Mangal Pandey
















Nâmaskar,

Terminou ontem a mais importante festa bengalesa – Durga Puja.
Como sempre foi muito animada e estava lotada. Tantas pessoas andando levantaram tanto pó do chão de terra batido que tive problema para respirar. As diversas imagens da Deusa Durga já foram jogadas no rio como manda a tradição. As melhores decorações já foram premiadas e os vencedores estavam muito felizes, dançando e celebrando.

Aproveitei também para ir assistir a destruição de Ravana em Dussehra.

A destruição do Ravana (demônio poderoso segundo o epico Ramayana), simboliza a vitória do bem contra o mau. As pessoas fazem bonecos do Ravana (ele tinha 10 cabeças) e amarram nas esquinas e tacam fogo nele. Similar a uma antiga tradição cristã onde as pessoas faziam bonecos simbolizando Judas e depois batiam nele. Qualquer semelhanca nao eh mera coincidencia.

Hoje em dia a coisa está ficando cada vez mais sofisticada e preenchem o boneco do ravana com rojão e outros fogos de artificio que vão estourando aos poucos até que Ravana tombe ao chão em chamas e completamente destruido. Esse ano, Sônia Gandhi, acionou uma arma a laser para dar início a destruição do boneco, que a cada ano que passa fica mais alto e mais sofisticado.

***
Acabo de assistir ao excelente filme Mangal Pandey – The Rising. Lançado em 2005. O filme é um modo fácil de se aprender um pouco da história recente da Índia.

Mangal Pandey foi um personagem histórico e um dos primeiros indianos a se rebelar contra a dominação britânica da Índia em 1857. Sendo um filme de Bollywood, naturalmente há cenas de música e dança, mas elas não diminuiem a importância histórica do filme e vale muito a pena assistí-lo caso você se interesse pela cultura indiana.

O filme ainda retrata rapidamente questões como a queima de viúvas vivas junto ao corpo do marido morto (Sati); a venda de mulheres como mercadorias; as mulheres indianas sendo usadas como amas-de-leite (como nos tempos da escravidão no Brasil); a produção e venda de ópio em larga escala para a China em troca de seda; a corrupção na venda de ópio; o papel politico e conomico dos maharajas (marajas) e muitas outras coisas. Tudo mostrado sutilmente e de modo romanceado para não causar rejeição por parte de nenhuma facção indiana.

Realmente você deveria assistí-lo. Preste atenção aos detalhes para não perder nada da rica cultura indiana, assim você também aprender um pouco da história da Índia por sua libertação do julgo britânico.

O domínio britânico apesar de injusto, violento e explorador, ajudou em questões como o Sati (queima de viúvas vivas) ao impor sua proibição. Os ingleses criaram leis proibindo certos aspectos culturais e tradicionais indianos que consideravam violentos e retrógrados, mas os indianos se recusaram a aceitar as novas leis que iam contra suas crenças e tradições.

Assista trechos deste excelente filme:


Trailer do filme Mangal Pandey




Main Vari Vari


Rasiya


Mangal Mangal


Holi Holi


Takey Takey


Holi


Participe da comunidade Orkut, Eu Leio Indiagestão.

http://www.indiagestao.blogspot.com/ o único blog em português com notícias da Índia.

Incredible India! (slogan do governo indiano)

Om Shanti

13 de outubro de 2005

Hinduismo e Conversões


Namaskar

Para ser hindu a pessoa deve nascer de pais hindus. A conversão ao hinduismo é muito rara.

Atualmente a pessoa pode se converter mas é um processo que envolve um longo ritual e cerimônia religiosa e você deve encontrar um sacerdote hindu disposto a fazê-lo.

O que ocorre na verdade é o oposto, hindus que se convertem à outras religiões.

Na Índia pessoas de outras religiões muito dificilmente se convertem ao hinduismo, quem gosta de fazer isso são os cristaos  ocidentais; em geral o pessoal que curte yoga, ayurveda, new age, etc e que vem para cá e se encantam com o hinduismo.

Ocidental ADORA ter nome em sanscrito e vestir-se com sari e dhoti.

Os que não nascem de pais hindus mas seguem o hinduismo são somente seguidores mas não são considerados hindus; no entanto os hindus não os descriminam e os aceitam bem e com simpatia. A verdade eh que os hindus ficam todos orgulhosos de verem os ocidentais imitando seu estilo de vida e seguindo sua religiao.

Hindus convertidos ao budismo ou cristianismo são criticados mas acabam sendo aceitos. Mas hindus convertidos ao Islamismo (muçulmano) nunca são aceitos nem pela própria família.

O filho mais velho de Mahatma Gandhi converteu-se ao islamismo para afrontar seu pai, pois Gandhi pouco se interessava pelos filhos.

70% da população indiana é hindu. O hinduismo é uma das mais antigas religiões, de onde originaram tantas outras religiões como o budismo, jainismo, brahmo, sikhismo etc. Mas esse assunto é muito longo para entrar em detalhes; além do que as pessoas tendem a se ofender ao descobrir que sua religião na verdade teve origem no hinduismo.

O hinduísmo não tem um fundador / criador / profeta ou coisa do gênero pois veio diretamente de Deus. Assim sendo, não possui uma autoridade central como o Papa para os católicos ou o Dalai Lama para os budistas.

Os hindus crêem nos ciclos da vida Samsara (reencarnação); no Karma (reação às suas ações); no Dharma (leis de conduta) etc. É muito vasto e rico para explicar no blog.

Muitos textos são considerados sagrados (não apenas um como a Bíblia ou o Alcorão) sendo que se dividem em 2 categorias, Shruti e Smriti.

Resumindo, o hinduismo é algo gigantesco para um blog modesto como o Indiagestao. Aos que tem sede de saber sugiro que busquem maiores informações na Internet e em livros apropriados.

Incredible India! (slogan do governo indiano)

OM Shanti

9 de outubro de 2005

Durga Puja


Nâmaskar

A Suprema Corte indiana decidiu que o casamento de moças de 15 anos de idade para cima é válido, mesmo que por lei a idade mínima para casamento seja 18 anos, segundo o código civil.

Grupos não governamentais (que tem a rodo aqui na Índia) não gostaram nem um pouco dessa decisão da suprema corte. Eles temem que isso seja um retrocesso, uma vez que apesar da lei existir; contrária ao casamento infantil, esse ainda ocorre em grande quantidade.

Essa coisa do casamento infantil é algo ainda muito arraigado na cultura indiana e serão necessárias várias décadas até que isso faça parte do passado. Uma coisa que me preocupa é o fato da Índia já ser um país superpopuloso e com meninas novas parindo cada vez mais cedo, logo a Índia será inabitável por pura falta de espaço, comida, água, saneamento básico etc.

Também não sou favorável ao casamento de adultos com crianças, principalmente quando o homem é adulto e a esposa é uma menina de 7 ou 8 anos de idade. Geralmente ao engravidar aos 10 ou 11 anos anos elas morrem no parto.

Sei também de um caso de uma mulher adulta casada com um menino; quando finalmente o menino virou homem e descobriu que a filha de 5 anos na verdade não era dele pois antes ele era tão criança que nem tinha esperma, ele não pensou duas vezes e matou a menininha com pedradas na cabeça. Não vou nem contar tudo que sei se não você vai ficar enojado. Mas essa é a Índia verdadeira, a Índia onde ainda se oferece crianças em sacrifício e outras coisas escabrosas que você nem imaginam!!!!!

***
Um funcionário do GTB Hospital levou o maior susto ao descobrir uma enorme cobra drento do hospital aqui em Delhi.

Eu ja peguei uma pequena cobra aqui dentro de casa. Incredible India!

***
Chittaranjan Park em Delhi já está toda preparada para a festa de Durga Puja que começa hoje.

A Deusa Durga conhecida pelos seus 10 braços é a mãe do famoso Ganesh, aquele que tem cabecinha de elefante, cujo pai é o poderoso Shiva. Delhi toda vem ver o Durga Puja em Chittaranjan Park. As ruas são tomadas por pessoas e fechadas ao trânsito. Como sempre eu também irei bater perna na festa, e que se danem as bombas terroristas!


***
O canal de TV a cabo X-TV foi proibida de continuar operando na Índia depois de não ter obedecido a dura lei de censura indiana e ter exibido programas "imorais" segundo as normas de decência indiana.

Como você já sabe, apesar da Índia ter inventado o Kama Sutra, os templos de Khajuraho, o templo de Konark, de possuir a segunda maior população mundial, de ter casamentos infantis, de ter casamentos de adultos com crianças, de permitir por lei aos muçulmanos terem 4 esposas etc; aqui há uma forte lei de censura.

Revistas tipo Playboy são proibidas (as outras nem pensar!), não há motel, drive-in, sex shop etc.

http://www.indiagestao.blogspot.com/ o único blog em português com notícias da Índia.

Incredible India! (slogan do governo indiano)

Om Shanti

8 de outubro de 2005

Sri Sri Ravi Shankar


Nâmaskar.

As moças que trabalhavam como “Bar Girl” (dançarinas de bares) em Mumbai, agora estão se prostituindo nas ruas de Gujarat, Vadodara, Surat, Ahmedabad e outras cidades, após o fechamento desse gênero de bar, pelo governo de Mumbai.

O cafetão cobra mil rúpias por cliente (56 reais), fica com a maior parte do dinheiro e dá a prostituta uma pequena parte. Ela tem que atender vários homens para poder ter uma quantidade de dinheiro suficiente para sobrevivier. Quem está feliz com isso são os homens das cidades citadas acima, que apesar de casados, procuram as prostitutas após um dia de trabalho e antes de retornarem para casa, para suas esposas e filhos.

***
O doce guru Sri Sri Ravi Shankar da cidade de Bangalore no sul da Índia foi indicado para o prêmio Nobel da Paz desse ano. Esta alma doce e benevolente, cheia do amor de Deus é verdadeiramente uma excelente escolha para competir ao prêmio Nobel da Paz. Como toda alma grande, iluminada e próxima a Deus, a indicação ao possível prêmio não faz a menor diferença para ele. Sua missão continua a ser a de fazer com que as pessoas se entendam melhor enquanto seres humanos e filhos de Deus para que assim possam ser melhores para os outros e quem sabe um dia termos uma sociedade mais amorosa e harmoniosa. Quem quiser saber mais e fazer um curso legal com os ensinamentos deste mestre veja o website: www.artedeviver.org.br sei que há centros nas cidades de São Paulo, Aracaju e Salvador.

***
A economia indiana cresceu 8.1% de abril a junho desse ano e já ultrapassou a economia brasileira; embora isso não se reflita na situação econômica da maioria esmagadora dos indianos.

***
Os calouros da Delhi University faziam uma festa quando veteranos tentaram entrar na festa. Como foram barrados pois a festa era só para calouros, esfaquearam um calouro até a morte. A violência continua solta nas universidades da Índia, seja em festas ou nos trotes universitários. Lamentável.

***
Mais dois nigerianos foram presos aqui por tráfico de drogas. Os indianos já são muito racistas e preconceituosos com os negros, e com tantos deles sendo presos por comércio ilegal de drogas o preconceito aumenta mais a cada dia.

Por falar nisso, os indianos odeiam a própria cor e gastam o que não tem com produtos (cremes e sabonetes) clareadores. Michael Jackson é fichinha comparado aos indianos. Ninguém quer casar com uma pessoa mais escura, pelo contrário, só se casam com pessoa de cor mais clara. Os que casam com estrangeiras são considerados de extrema sorte e vistos como superiores e invejados por todos.

***
O primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh, quer reduzir pelo menos um pouco a brutal quantidade de morte de mulheres nos partos e de bebês com menos de 1 ano.

A Organização Mundial de Saúde já fez um estudo a 5 anos atrás mostrando que as mulheres e crianças indianas possuem um grau elevadíssimo de anemia. Enquanto isso não melhorar e enquanto não houver pré-natal etc. a mortalidade vai continuar alta com certeza. Para quem não sabe, a prioridade alimentícia é dos homens, depois das crianças e se sobrar alguma comida, só então é que as mulheres comem. A mulher indiana não come junto com a família, ela fica servindo as pessoas e só no final é que ela come os restos sozinha na cozinha. É tradição. Como disse certa vez Danuza Leão “E isso não é bom nem ruim, nem justo nem injusto: apenas é” para a cultura indiana, claro!

http://www.indiagestao.blogspot.com/ o único blog em português com notícias da Índia.

Incredible India! (slogan do governo indiano)

Om Shanti

7 de outubro de 2005

Educação


Nâmaskar

O sistema de educação indiano vai passar por uma reforma. Como sempre a pessoas a favor e pessoas contra. Basicamente, querem simplificar o currículo de ciências, aumentar 15 minutos no tempo dos exames, conceito ao invés de nota e outras mudanças.

A intenção é diminuir o stress dos pais e dos alunos em relação a nota e a acirradíssima competição entre os alunos que todos os anos clama a vida de muitos deles.

É comum encontrarmos nos jornais notícias de suicídios de alunos indianos que por vergonha de não terem passado nos exames finais acabam por tirar a própria vida. É inacreditável a pressão que os alunos indianos sofrem não somente por parte dos pais mas também de toda a sociedade para que passem de ano e sejam sempre os melhores. A educação formal é uma coisa levada muito a sério nesse país e chega a extremos.

***
Desde que as passagens aéreas na Índia para os vôos domésticos tiveram seus preços reduzidos a ponto de se comprar uma passagem Delhi-Mumbai por apenas 500 rúpias (27 reais), o sistema ferroviário tem sofrido perda de passageiros. Para ver se os indianos voltam a usar os trens de longa distância, o sistema ferroviário planeja uma reforma e melhoria nos principais terminais (estações ferroviárias) do país. A intenção é fazer com que se pareçam aos lounges dos aeroportos, com praça de alimentação, ar condicionado, lojas, Internet etc. Quem já veio para a Índia sabe muito bem como uma modernização e reforma são extremamente necessárias em todas as estações de trem desse país!!!

***
Mulheres muçulmanas da cidade de Mirzapur apesar de terem que se vestir a vida inteira de burqa, estão aprendendo a desenhar mini-saias, lingerie e até bikinis na escola de desenho de moda SAIF – Sultan Ahmed Institute of Fashion. Será esse um primeiro passo para o fim da imposição da burqa algum dia?

***
O renomado Dr. Benjamin Carson veio a Índia para realizar a difícil cirurgia de separação das irmãs siamesas Saba e Farah. A cirurgia é de altíssimo risco e de extrema dificuldade.

***
Delhi planeja construir um monorail nos moldes japoneses. A empresa japonesa Hitachi já disse que vai participar da licitação.

***
A gambiarra elétrica levou mais um. Dessa vez foi um rapaz de 21 anos de idade que morreu eletrocutado.

Participe da comunidade Orkut, Eu Leio Indiagestão.

http://www.indiagestao.blogspot.com/ o único blog em português com notícias da Índia.

Incredible India!

Om Shanti

6 de outubro de 2005

Pedintes


Nâmaskar

Os pedintes indianos estão ficando sofisticados, principalmente em Mumbai (antiga Bombay). Agora eles pedem em diversas línguas como inglês, francês, italiano, árabe, assim como em línguas locais como hindi, gujrati e marathi. Segundo a pedinte profissional Guddi de 13 anos de idade, “temos que manter a dianteira dos negócios”.

Em certos locais turísticos, ruas e semáforos chega a ser irritante a quantidade de pedintes pois são muito incistentes. A grande maioria é de crianças, mulheres com bebês no colo e travestis.

Infelizmente os turistas estrangeiros deixaram os pedintes muito mal acostumados. O problema é que os turistas vem aqui, dão dinheiro para os pedintes e depois de 1 semana retornam ao seu país de origem, e somos nós moradores que temos que ficar aqui e aguentar a chateação!

Acontece a mesma coisa em relação aos taxis e autoriquixás, o turista vem dá muito dinheiro extra pros motoristas e depois somos nós que temos que ficar pagando preços muito acima da tabela. Se você quiser vir a Índia, venha, mas por favor NÃO dê esmolas e não pague a mais pela corrida de taxi e autoriquixá. Se quiser fazer caridade faça aí mesmo no Brasil. Já está mais do que na hora do turista crescer e ser consciente.

O que existe aqui é a indústria da mendicancia. Os pais forçam as crianças a isso desde de pequenos, e eles acabam se acostumando e a coisa passa de geração a geração pois dá bons resultados.

Sabia que eles não tomam banho de prósito e se vestem do pior modo possível de propósito também, para assim poder arrecadar mais dinheiro dos trouxas? Sabia que as muletas são só desculpa e que no fim da noite eles saem andando normalmente? Sabia que tem pontos fixos de mendigos e se um mendigo ultrapassa sua demarcação ele apanha dos outros?

Tem tantas coisas que você não sabe. Se você quiser ajudar de verdade, por favor doe seu dinheiro as obras assistenciais da Madre Tereza, que são instituições sérias que realmente ajudam os necessitados, leprosos, idosos, meninas etc. Pare de querer aliviar sua consciência doando uns trocados pros mendigos indianos. Acorde pra realidade!

As roupas doadas as vítimas do tsunami, terremotos, enchentes etc NUNCA chegam as vítimas, estão aqui em Mumbai, Delhi e outras cidades, à venda!!!!! Roupas boas doadas por fabricantes americanos, europeus etc. A ajuda humanitária acaba sempre na mão de pessoas que não precisam e que acabam vendendo as mercadorias e ganhando um bom dinnheiro.

Outra novidade pra você é que os mendigos indianos diversificaram sua rede de negócios e já atuam nas áreas de vendas de drogas, armas, crianças e também como cafetão. Se você precisar de uma prostituta, prostituto, cocaina etc qualquer coisa, é só pedir a um desses mendigos “coitadinhos” que se vê pelas ruas.

Os pobres mesmo estão na área rural, nos vilarejos, sofrendo em silêncio e esquecidos por todos. Os das cidades grandes são todos falcatrua. Disfarce para polícia não prendê-los enquanto participam de diversas atividades ilegais.

Participe da comunidade Orkut, Eu Leio Indi(a)gestão.
 http://www.indiagestao.blogspot.com/ o único blog em português com notícias da Índia.

Incredible India!

Om Shanti

4 de outubro de 2005

Bollywood


Nâmaskar

A maioria dos ocidentais nunca assistiu a um filme de Bollywood, mas a indústria cinematográfica indiana é a maior do mundo, sem exageros.

Bollywood, com uma produção de quase mil filmes por ano, o dobro de Hollywood, é a maior indústria cinematográfica do mundo e tem uma grande presença em vários países da Ásia, África e do Oriente Médio, mas também chega às salas do Japão, Rússia e EUA.

Em 7 de Julho de 1896 os irmãos Lumiere fizeram a primeira exibição de filmes em Bombay (atual Mumbai). Quatro anos depois, em 1900 os indianos já estavam produzindo seus próprios filmes nas cidades de Calcutá (atual Kolkata) e Mumbai.

O maior ícone do cinema indiano é um senhor de 66 anos de idade chamado Amitabh Bachchan. Ele seria como o Tarciso Meira no Brasil.

Este ano o governo indiano proibiu o consumo de tabaco em cenas de filmes e novelas de televisão, e provocou protesto da maior indústria cinematográfica do mundo, que considera esta lei "absurda" e "ridícula".

O nome Bollywood vem da combinação de Bombay + Hollywood.

Os filmes indianos possuiem pelo menos 4 números musicais com coreografia rica e elaborada. O beijo de boca ainda é tabu nos filmes indianos, assim como cenas de sexo. Temas polêmicos no geral são evitados para evitar ataques terroristas como os que ocorreram esse ano aqui em Delhi.

Para quem mora em São Paulo, sugiro visitar o consulado da Índia na Av. Paulista e escolher alguns filmes para assistir.

http://www.indiagestao.blogspot.com/ o único blog em português com notícias da Índia.

Om Shanti

3 de outubro de 2005

Casamento Hindu - Parte IV


Namaskar

Casamento Hindu - PARTE IV

Noivo e noiva preparam-se 1 dia antes do casamento passando por tratamentos de beleza dos pés a cabeça, semelhante ao “dia da noiva” que tem nos salões aí no Brasil. Naturalmente o “dia da noiva” da mulher é muito mais elaborado do que o do homem. A tradição manda que façam mehendi nas mãos, antebraços, pés e canelas (tatuagem de henna).

Finalmente são chegados os dias do casamento (só 3 dias atualmente, mas no passado era 1 semana de casamento!).

O noivo vai ao salão de festa alugado pela família da noiva levando consigo somente parentes próximos e amigos íntimos. Antigamente as pessoas não se casavam em salões de festa, mas sim em casa, e portanto o noivo ia até a casa da noiva.

O noivo vai em um carro todo enfeitado com flores. Aqui em Delhi e no norte da Índia, ele vai em um cavalo branco todo enfeitado e com uma banda na frente tocando música cafona e irritante; enquanto os amigos e familiares bebados vao dancando ao redor.

Fico com muita pena dos cavalos que sofrem muito com o barulho extremamente alto.

Ao chegar ele é recebido pelos parentes mais velhos da noiva (avô, pai e tios).

O ritual religioso possui 2 sacerdotes, 1 contratado pela família da noiva e é quem realiza toda a cerimônia, e outro representando a família do noivo, que fica meio que de olho no outro sacerdote pra ver se ele está realizando os rituais corretamente ou não.

O ritual é longo e complicadíssimo, as coisas mais simbólicas são a caminhada ao redor do fogo, a troca de guirlanda de flores, o homem colocando sindoor na noiva, a roupa dela amarrada a roupa dele com um nó. O ritual demora de 3 a 4 horas!!!!

Após o ritual vem a festa logo em seguida, festa essa oferecida pela noiva aos seus convidados e a meia-dúzia de gatos-pingados de parentes do noivo.

Os convidados vão embora após comerem e no salão de festa ficam apenas os noivos, seus amigos íntimos e os membros sênior da família da noiva. Eles não dormem e ficam lá até o amanhecer.

Pela manhã eles todos vão a casa do noivo onde acontecem mais rituais. Essa noite eles dormem em quartos separados e não podem se ver. No terceiro dia a festa é no salão alugado pelo noivo, dessa vez com todos seus parentes e amigos e com apenas meia-dúzia de gatos-pingados por parte da noiva.

Finalmente na terceira noite é que ocorre a famosa Noite de Núpcias ;)

Os indianos não registram seus casamentos no papel e só agora em 2005 é que o governo indiano está fazendo um projeto para ver se consegue implementar o registro de casamento obrigatório, assim como o de nascimento. Para os indianos basta a festa e o religioso.

Há 3 Leis de Casamento aqui na Índia, uma para hindus (monogâmico), uma para muçulmanos (poligâmico) e o especial (para estrangeiros como eu e todas as outras religiões incluindo a cristã - monogâmico).

Sim, os homens muçulmanos podem ter mais do que 1 esposa, na verdade a lei permite que eles tenham até 4 esposas.

Após o casamento os noivos viajam em lua-de-mel e ao retornarem vão morar na casa dos pais do noivo juntamente com toda a família dele.

Isso conclui meu relato em relação ao casamento hindu.

Participe da comunidade Orkut Eu Leio Indi(a)gestão.

Continue lendo http://www.indiagestao.blogspot.com/ o único blog com notícias da Índia em português.

Incredible India!

Om Shanti

2 de outubro de 2005

Mahatma Gandhi


Nâmaskar

Hoje, dia 02 de Outubro, comemoramos o aniversário de nascimento de Mohondas K. Gandhi.

Em primeiro lugar, sugiro que você assista novamente ao filme Gandhi que ganhou 9 Oscars em 1982. Preste muita atenção não somente no Gandhi e sua história de vida mas também nos arredores, nas pessoas e no cenário, pois a Índia mudou muito pouco na área rural; e a Índia do filme é a Índia de hoje.

Gandhi nunca gostou do título de Mahatma pois sabia de suas falhas como marido e pai.

Seu nome era Mohandas Karamchand Gandhi. Ele estudou direito na Inglaterra onde morou por vários anos. Rabindranath Tagore deu-lhe o título de Mahatma Gandhi, enquanto Subhas Chandra Bose referia-se a ele como “O pai da nação”.

Gandhi guiava-se pelos seguintes princípios: Ahimsa (não violência), falar sempre a verdade, fim do separatismo religioso (briga entre hindus e muçulmanos), fim do sistema de castas indiano e muitos outro princípios nobres. Ele fundou um ashram na África do Sul, assim como em Sabarmati no estado indiano de Gujrat (que ainda existe em pleno funcionamento).

Gandhi foi casado com Kasturba e tiveram quatro filhos. Apos ter tido quatro filhos ele passou a acreditar que cada casal deveria ter apenas uma criança. Com certeza a população indiana não seguiu essa filosofia, mas sim seu exemplo e atualmente a Índia é o segundo país mais populoso.

Sua autobiografia é com certeza sua obra mais conhecida, chama-se “The Story of My Experiments With Truth”, traduzida para o português como: “Minha Vida e Minhas Experiências com a Verdade”. Ele escreveu ainda mais de 20 livros (não sei se foram traduzidos para o português).

Aqui em Delhi há um lindo jardim (Raj Ghat) ao redor do local onde Mohondas Gandhi foi cremado após ter sido assassinado por um fundamentalista hindu. O local possui uma grande plataforma de mármore preto marcando o local exato de sua cremação e onde arde um fogo eterno. A entrada é franca.

O Gandhi Memorial Museum também é gratuito e a arma que o matou está em exibição. Aos domingos das 16 às 17 horas é exibido um filme sobre Gandhi.

Em 2002 o governo da Índia doou à cidade de São Paulo uma estátua de bronze de Gandhi em tamanho natural. A peça está entre o Parque do Ibirapuera e a Assembléia Legislativa, na praça Túlio Fontoura, que passou a se chamar Espaço Gandhi. A escolha da cidade para receber a estátua do líder que levou a Índia à independência em 1947 foi o trabalho da Associação Palas Athena, que divulga o pensamento de Gandhi no Brasil.

Fica aqui minha homenagem a esse homem e com certeza o mais conhecido personagem da Índia.

Om Shanti


.