7 de abril de 2006

Cactos e Rosas



Nâmaskar

É importante que você tenha também a visão de outras pessoas que vem para a Índia, por isso tenho procurado postar a opinião de outras pessoas.

A minha visão de Índia é a de quem mora aqui há 8 anos, de quem vivência o cotidiano da classe média baixa.

A visão do Renato é a de quem veio a turismo e ficou poucos dias; e a da Roberta é a de quem veio para ficar três meses e desenvolver um projeto na área social.

Recebo emails e telefonemas de pessoas que vieram para cá e ficam bravas comigo pois dizem que eu não escrevo mau o suficiente da Índia; que o lugar é horroroso, pavoroso, extremamente sujo e que nunca ninguém deveria vir pra cá. Por isso mesmo resolvi postar a opinião de outras pessoas. Uns gostam, outros odeiam, mas ninguém consegue ficar indiferente ante a Incredible India!

Gostaria de dizer que infelizmente a Roberta não é a primeira e com certeza não será a última pessoa que se estressa e se decepciona com a Índia. Eu já vi isto acontecendo antes com outras pessoas. No entanto, a história da Roberta me tocou muito.

Conheci a Roberta pessoalmente aqui em Delhi quando ela fez uma rápida estada nesta cidade. Roberta é uma mulher linda por dentro e por fora, uma pessoa especial que a Índia não soube respeitar e dar valor. Uma pessoa cheia de amor, carinho e respeito por tudo e por todos.

Para vocês terem uma idéia, a Roberta me trouxe uma latinha de cachaça 51 aí do Brasil. Como você sabe, pinga aqui vale ouro pois simplesmente não existe. Não foi a preciosidade do presente que me comoveu, o que me comoveu foi o fato de que ela trouxe de livre e espontânea vontade, resumindo, sem eu pedir. Foi um puro gesto de carinho e amizade.

Essa latinha de 51 não somente veio com ela do Brasil, como ficou 2 meses me aguardando em Gujarat, depois a latinha viajou mais junto com a Roberta mais uma vez e finalmente veio parar em minhas mãos! Pense bem, tem coisa mais bonita e carinhosa do que uma pessoa ficar viajando e carregando uma latinha de pinga pra cima e pra baixo só pra dar pra você!!!! Agora você já consegue perceber que pessoa especial é a Roberta.

Por isso mesmo fiquei muito chateada com o que aconteceu com ela aqui na Índia. Ela com certeza não merecia sofrer. Ela veio cheia de boas intenções e carinho querendo ajudar, mas mais uma vez a Índia revelou sua face escura, da qual prefiro não falar a respeito.

Como explicar o fato da população de um país com mais de 5 mil anos, com terras férteis e riquezas minerais imensas, estar em muito piores condições de higiene, educação e desenvolvimento do que o Brasil que tem pouco mais de 500 anos?

A pobreza mental e espiritual dos indianos reflete-se na sua pobreza material.

Como diria minha mãe, “se você planta cactos, não espere colher rosas

Incredible India!

OM Shanti