3 de outubro de 2006

Lésbica - Dengue - Rejane

Nâmaskar

Pela primeira vez na história Indiana, uma moça lésbica conseguiu um visto de imigração para o Canadá na categoria de ‘parceiro do mesmo sexo’.

A moça, cujo nome não foi revelado, é de Ahmedabad, e inicialmente havia tentado a categoria de visto de ‘estudante’.

Para conseguir o visto de ‘parceiro o mesmo sexo’ ela teve que responder a perguntas íntimas como quantas vezes elas tiveram relação sexual, detalhes sobre presentes que tenham trocado entre si, propriedades que tenham em nome de ambas, fotos e muitos outros documentos que comprovem a relação homossexual.

A moça já embarcou para o Canadá onde poderá viver tranqüilamente com sua companheira sem ser perseguida por sua opção sexual. A Índia respeita os homossexuais masculinos, porém não perdoa os femininos.

*****
Subiu de 34 para 45 o número de casos de médicos, estudantes e funcionários contaminados pela Dengue no maior e melhor hospital do país.

A mídia foi até lá e tirou dezenas de fotos e filmes das péssimas condições de higiene do local, e da água acumulada onde os mosquitos da Dengue estão se reproduzindo.

O governo diz que vai estudar o caso e que amanhã irá anunciar se declara a dengue como epidemia ou não.

Se os médicos e enfermeiros que deveria cuidar da população estão morrendo e/ou internados por causa da Dengue, quem irá cuidar de nós????????

****
Eu estou aqui pedindo Desculpas em público à Rejane pelo mau comportamento de alguns leitores do blog.

Ao invés de serem agressivos penso que deveriam ser gratos pela Rejane ter compartilhado de boa vontade sua experiência de vida na Índia.
A Rejane não escreveu nada de diferente. Se os leitores deste blog se derem ao trabalho de ler os depoimentos das outras pessoas irão verificar que todos reclamam da sujeira, barulho, trânsito caótico etc.

Não entendo porque tornaram-se tão grosseiros para com Rejane. Em minha opinião, o depoimento dela não é só o mais verdadeiros de todos, como também o mais importante, pois ela sim, vivênciou na pele o dia-a-dia indiano por mais de 1 ano.

Ela não veio a turismo ver só a parte boa da Índia, não ficou em hotel 5 estrelas cheia de mordomias, e não veio para estudar ioga, massagem, ayurveda etc. por somente 6 meses.

A falta de respeito pela opinião alheia me decepcionou MUITO e já não sei mais se devo convidar outras pessoas para compartilharem suas experiências no blog.

Rejane, te agradeço do fundo do coração por ter gentilmente aceitado meu convite de escrever sua experiência indiana para o Indi(a)gestão. Peço humildemente desculpas pelas grosserias de certos leitores, não sabia que reagiriam assim. Adorei suas palavras muito bem escritas, sinceras e honestas.

A Índia é suja SIM, fede a urina humana e bosta de vaca. Esta é uma realidade que ninguém pode negar!!!!!!

Incredible India!

OM Shanti