2 de outubro de 2006

Dengue & Jain


Nâmaskar

A Incredible India não se cansa de me surpreender, desta vez com 34 pessoas internadas com dengue. Mas qual a novidade desta notícia? A novidade é que estas 34 pessoas contraíram dengue no mais famoso e conceituado hospital de Delhi, o AIIMS e uma acaba de morrer.

Estudantes de medicina, catedráticos, médicos, residentes, enfermeiros em fim, o mosquitinho não poupa ninguém no AIIMS!! Todos estão internados no próprio hospital onde foram picados e contaminados por Dengue.
Quem iria imaginar que no hospital há uma grande proliferação do Aegis ? Foi surpresa geral para todos. Agora o que fazer? Como detetizar um complexo hospitalar gigantesco com pacientes internados?

O AIIMS é o correspondente ao Hospital das Clínicas no Brasil. Um hospital-escola-pesquisa. O hospital é referência e orgulho da Índia.

Haja repelente!!!!

*****

Uma senhora Jain com câncer resolveu jejuar até morrer. Após 2 semanas de jejum ela faleceu na sexta-feira passada. Esta é uma prática antiga entre os jainístas (praticantes do Jainísmo, uma das muitas religiões que tem aqui na Índia).

A mídia está querendo saber por que o governo não fez nada para salva-la, não lhe deu soro ou alimentação intravenosa.

Os defensores dessa prática dizem que era um direito dela escolher se queria viver ou morrer e que esta prática é comum entre os jainistas.
O governo não interferiu pois a Índia é o maior país democrático do mundo onde a pessoa tem livre escolha de expressão religiosa.

A mídia mais uma vez indaga por que esta prática se dá somente entre as mulheres jains e não entre os homens? E ela mesma responde dizendo que é porque a mulher doente dá despesa e é considerada um estorvo, sendo assim, ela prefere morrer a dar trabalho e despesa para a família. (Mulher nada vale neste país).

Esta discussão vai longe ... mas nada de pessoal tenho a acrescentar pois desconheço os princípios desta religião.

Só sei que são vegetarianos extremados e radicais. Andam com máscara na boca o tempo todo para não engolirem nenhum bichinho. E vi os homens jains peladões (totalmente nus), com a máscara no rosto e penacho de pena de pavão na mão andando pela avenida principal aqui em Delhi, sem o menor pudor.

Os indianos gostam mesmo é de leque de pena de pavão.
Eu acho lindo mas nunca tive coragem de comprar um pois essa ave antigamente tão abundante, agora só sobrevive graças a reservas florestais do governo.

*****
Ontem foi dia de eleição e fui votar na embaixada do Brasil aqui em Delhi.
Por serem pouco mais de 50 brasileiros que aqui votam, o lugar estava vazio e consequentemente sem nenhuma fila. Espera Zero :-)

Para tão poucos eleitores, naturalmente não havia urna eletrônica.

Recebi um papelzinho amarelo (cédula de votação) onde havia um retângulo no meio para que se escrevesse o nome do candidato. Depois dobra-se o papel e coloca-se na urna.

Os brasileiros que residem fora do país votam somente para presidente da república. Não se vota para senador, deputado, governador etc.

Nem adianta me perguntar “votou certo?”, claro que votei certo, votei no ENEAS!!!!! Hahahahahahahahaha :)

Embora não more no Brasil há anos, nunca tive coragem de desperdiçar meu voto. Nunca votei em branco ou anulei meu voto, e tenho orgulho disso. Espero sinceramente que você tenha feito o mesmo.

Incredible India! (slogan oficial do governo indiano)

OM Shanti