16 de março de 2007

Unhudo - Estupro - 80 mortos


Nâmaskar

O artista indiano Nangaji Bhati, 45, usa sua unha de 12 cm para pintar quadro em Ahmedabad, Índia.

***

Ontem a coisa foi sangrenta por aqui. 80 mortos no total. 15 no estado de West Bengal e 55 em Raipur um distrito de Chhattisgarth.

Os 15 que morreram em West Bengal foi devido ao confronto direto com a polícia quando esta tentou retirar as pessoas de uma propriedade que o governo pretende comprar para construir uma agroindústria.

Já os 55 que morreram em Raipur foi o resultado de um ataque terrorista por parte de um grupo de guerrilha de extrema esquerda conhecido como Maoistas por acreditarem na filosofia de Moa Tse Tung (antigo líder Chinês).

Cerca de 400 Moistas atacaram um acampamento militar com granadas, bombas e levaram até geradores para iluminar o alvo do ataque pois eram 2 da madrugada quando eles atacaram e estava tudo escuro.

Uma tristeza ver as esposas e filhos dos militares mortos covardemente em prantos. Nossa que coisa horrível. Pedaços de corpos ensangüentados espalhados por todos os lugares. E os feridos então? Sofrendo, chorando, gritando de dor.

É, esta é a Incredible India! A Índia da paz e espiritualidade que só mesmo os ocidentais acreditam, pois aqui o cenário é BEM diferente!!!!

***

O famoso e celebrado estilista indiano Anand Jon, foi preso ontem nos Estados Unidos onde mora, por estupro.

Ele está sendo acusado de estuprar 1 moça, forçar mais 2 a ter sexo oral com ele e molestar uma menor de idade.

Ele está em cana e só sai de lá se pagar uma fiança de 1 milhão e 365 mil dólares!!!!! Enquanto isso, a polícia investiga as acusações contra ele para saberem se são falsas ou verdadeiras.

***

Um professor particular que matou sua ex-aluna a facadas em 1999 recebeu ontem finalmente sua sentença – prisão perpétua (que na Índia significa 30 anos). Também este não tinha como sair livre como geralmente acontece com homens que matam mulheres por aqui, visto que ele ainda estava na casa da menina segurando a faca ensangüentada na mão quando a polícia chegou. A pressão da mídia também ajudou muito a por o professor assassino atras das grades por uns bons anos.

O motivo do assassinato é que ele havia se apaixonado pela menina na época em que lhe dava aulas particulares e ela iria casar-se dentro de 10 dias com um rapaz de boa família.

Quando o professor a assassinou ele já não dava mais aulas particulares para ela mas sim para seu irmãozinho menor.

Fico feliz em saber que a justiça indiana começa a agir a favor das mulheres.

***

Muito triste e chocantes as notícias hoje e por isso mesmo vou colocar a foto do pintor “unhudo”, melhor do que colocar foto de corpos despedaçados. Pelo menos este não gasta dinheiro com pincéis :)

Incredible India! (slogan do governo indiano)

Om Shanti

Participe da comunidade do Orkut: Eu Leio Indiagestão