16 de abril de 2007

53% das crianças da Índia sofreram abusos sexuais.


Namastê

Maioria de crianças da Índia já sofreu abuso sexual, diz pesquisa

Um estudo pioneiro realizado na Índia indica que 53% das crianças do país sofreram abusos sexuais.

Encomendada pelo Ministério do Desenvolvimento da Mulher e da Criança indiano, a pesquisa mostra ainda que duas em cada três crianças na Índia são abusadas fisicamente.

O estudo indica também que 70% das crianças não comentou sobre os abusos com ninguém.

"Na Índia, existe a tradição de negar o abuso infantil. Costumamos dizer que isso não acontece aqui", disse a ministra Renuka Chowdhury. "Mas, ao permanecermos em silêncio, nós ajudamos e somos cúmplices com essa prática."

Chowdhury descreveu as conclusões do estudo como "perturbadoras", e pediu o fim do que chamou de "conspiração do silêncio".

Meninos sob risco

O estudo revela outros dados desconhecidos, como por exemplo o fato de que, ao contrário do que se acreditava até agora, meninos correm os mesmos riscos de abuso que meninas.

Loveleen Kacker, responsável pela área de Bem-Estar Infantil do Ministério, e uma das autoras do documento, disse ainda que uma boa parte dos autores do abuso são "pessoas de confiança", como parentes, professores e até os próprios pais.

A questão do abuso de crianças na Índia já foi levantada no passado por organizações não-governamentais (ONGs) de defesa dos direitos da criança, mas esta é a primeira vez que o governo documenta a escala do problema.

A Índia abriga quase 19% das crianças do mundo, sendo que milhões delas já estão no mercado de trabalho.

Para a pesquisa, foram entrevistadas 12 mil crianças com idades entre 5 e 12 anos, e pouco mais de 2 mil com mais de 12 anos.

O estudo cobriu 13 Estados indianos e levou dois anos para ser concluído.


Na verdade o resultado da pesquisa não surpreendeu ninguém aqui na Índia. Que as crianças indianas são abusadas, isso já sabemos faz tempo; o que surpreendeu foi um órgão do governo ter feito a pesquisa!!! O que é isso??!! Será que o governo está pensando em fazer algo a respeito????!!!!!

Duvido, vai ficar só mesmo na pesquisa, já sabemos disso. Não há o que ser feito em um país com o tamanho da população que a Índia tem. Não há esperançar para as crianças indianas.

Aqui a cultura fala mais alto, MUITO mais alto. Casamentos infantis e de crianças com adultos é coisa muito bem aceita pela sociedade. Aqui criança é somente um ser humano pequeno.

De tanto ser azucrinado pelo pessoal das ONGs (maioria de ocidentais) é que o governo mandou fazer esta pesquisa. Isso tudo me faz lembrar um pouco os jesuítas do sec. XVI, que iam ao país dos outros e lhes forçavam guela abaixo sua cultura, crenças e religião.

Os indianos acham pornográfico o modo das mulheres ocidentais se vestirem, e tem certeza que elas são todas “moças fáceis”. Os ocidentais acham que os indianos são todos pedófilos e acham um absurdo os casamentos de crianças com adultos. Diferenças culturais.

FOTO: menina casa com homem

Incredible India! (slogan do governo indiano)

Om Shanti