23 de abril de 2007

Delhi é a melhor! & Casou com defunto


Nâmaskar

Nova Delhi é a melhor cidade para se viver entre as metrópoles na Índia e possui os mais altos padrões de moradia no país segundo a pesquisa Worldwide Quality of Living.

Das 215 cidades pesquisadas pela Mercer Human Resource Consulting por todo o mundo, a capital indiana foi classificada na 148 posição e subiu 2 posições desde o ano passado.

Outras cidades indianas que participaram da pesquisa foram Chennai (177 posição) e Mumbai  na 209 posição.

É como eu sempre digo, se Delhi é o que há de melhor na Índia, imagine o resto .... rssss
Quando vi a tão famosa Mumbai em 209º lugar entendi porque a Verônica escreveu em sua postagem que Mumbai é uma grande favela!!

FOTO: India Gate (lugar onde todo turista faz uma parada para tirar fotos).



***

Noivo morre e noiva vai para o altar com o cadáver

Estava tudo pronto para o casamento, quando o rapaz se acidentou.
Inconformada, noiva exigiu que todo o ritual fosse cumprido.
Do G1, SP
Uma noiva desesperada com a morte do noivo na hora de ir para o altar mandou realizar o casamento com o corpo do falecido a seu lado.

Tulsi Devipujak, a noiva inconformada, mandou sentar o recém-falecido em uma cadeira no templo e pediu que a cerimonia prosseguisse. Os convidados entoaram as preces e cânticos dedicados ao matrimonio.

Os pais de Tulsi, de 22 anos, no inicio se opuseram a realização do casamento. Mas vendo a determinação da filha, acabaram concordando. Terminada a cerimonia, o noivo foi cremado.

"Em questão de minutos ela trocou o vestido de noiva pelo de viuva", disse o policial K.M. Kapadia. "Ela se recusou a liberar o corpo para a cremação até que estivesse oficialmente casada com ele", completou Kanadia.
A união macabra foi realizada na cidade de Anand, na Índia.

Com tantos homens que tem aqui devido a falta de mulher (que eles matam ainda bebês), eu que nunca me casaria com um cadáver. Mas aqui é a Incredible India!, não se esqueça.

***
O aluno Nikhil Dhar de Calcutá, 23 anos de idade, que estava estudando na Univercidade de Massachusetts nos Estados Unidos esfaqueou sua professora de ciências Mary Elizabeth Hooker e pegou 4 anos de prisão.
O indiano esfaqueador era aluno da professora Mary nas aulas de hematologia e laboratório. Ele foi a casa da professora e disse que queria conversar com ela sobre sua nota baixa e do por que ele não ter sido aprovado em hematologia. Ele a arrastou Mary para o quintal onde esfaqueou-lhe o pescoço com a intenção de matar.

O aluno indiano revoltado descobriu onde a professora morava ao segui-la por mais de 30 quilômetros entre a universidade e a casa da professora. A professora sobreviveu pois os vizinhos chamaram a polícia e a socorreram imediatamente, mesmo assim ela ficou hospitalizada por várias semanas.

O motivo desse ataque descabido segundo o próprio criminoso, foi o medo de ao não ir bem nos estudos e de ser reprovado, ter que voltar para a Índia (indianos detestam o próprio país e sempre querem cair fora daqui). Agora pelo menos em certeza que vai ficar mais 4 anos nos Estados Unidos, mesmo que seja na prisão.

Incredible India!

Om Shanti