19 de junho de 2007

Nim Indiano: A Árvore da Vida


Nim Indiano: A Árvore da Vida

O Nim (também chamado de Amargosa) é uma árvore frondosa de origem asiática da mesma família do Mogno. Além da Ásia, é cultivada nas Américas, na África e na Austrália. É uma planta muito resistente às adversidades do ambiente e de crescimento rápido, atingindo 8 metros de altura em apenas 5 anos após o plantio. Possui uma madeira dura, avermelhada e resistente.

O clima mais favorável ao Nim é o tropical e, em alguns casos, o subtropical, ambos com precipitação anual entre 400 e 800 milímetros. É tolerante a altas temperaturas e resiste bem a longos períodos secos, mas de forma alguma tolera geadas. Abaixo dos 8 graus, seu crescimento é interrompido. É uma planta pouco exigente em solos, mas não suporta terrenos encharcados ou salinos. Floresce até em solos secos e pobres em nutrientes.

O Nim é utilizado há mais de 2000 anos na Índia para controle de insetos pragas, nematóides, alguns fungos, bactérias e vírus, na medicina humana e animal, na fabricação de cosméticos, no reflorestamento, como madeira-de-lei, como adubo e no paisagismo.

Desde muito tempo, o Nim tem sido documentado na literatura Ayuvérdica, especialmente no Charaksamhita e no sistema medicinal UNANI. Seus derivados possuem ação anti-séptica, antimicrobiana, nos distúrbios urinários, nas diarréias e nas doenças do couro cabeludo. Além disso, o extrato de Nim (ou azadiractina) é usado na imunização de pacientes picados pelo inseto vetor da doença de Chagas, muito comum na América Latina.

Há pouco tempo, pesquisas demonstraram seu valioso uso como contraceptivo, uma vez que o óleo de Nim possui ação espermaticida (na Índia, é produzido em larga escala um produto de nome “Sensalque se utiliza dessa propriedade do óleo de Nim. Se aplicado em ratos, esse produto inibe sua fertilidade por até 5 meses, o que pode ter implicações positivas para o controle da fertilidade humana).

Na Indústria de Cosméticos, o óleo de Nim é usado na fabricação de xampu, óleo para cabelo, tônico capilar e óleo para a unha. Da casca do caule pode-se retirar o tanino para fabricação de sabonete e pasta dental.

Caso queiram conhecer um pouco mais sobre o Nim Indiano, filiem-se à comunidade do Orkut “Nim Indiano: a Árvore da Vida” e tirem suas dúvidas.

http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=4509630

Alexandro Advíncula de Souza

O Alexandro Advíncula de Souza é o dono da comunidade “Nim Indiano: a Árvore da Vida” do Orkut http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=4509630

***

Agora pasmem, o Nim indiano que é originário da Índia, foi patenteado nos Estados Unidos e os americanos querem que os indianos paguem pelo uso de suas próprias árvores de Nim aqui na Índia!!!!

Outra coisa patenteada pelos americanos é a ioga !!!!!!!! Segundo a patente, a yoga é invenção americana hahahahahahaha

Se a Índia não patentear logo os encantadores de serpente, fakirs, samosa, sadhus, gurus etc. logo logo os americanos vão patentear também!!!!!!

Isto tudo se deve ao fato dos indianos não reconhecerem as patentes dos remédios criados pelos laboratórios americanos; e não respeitarem a patente copiando todos os remédios a baixo custo e exportando para países como o Brasil.

Om Shanti