30 de julho de 2007

Livro diz que burros são melhores que mulheres


Namaskar

Redação: Terra

Livro diz que burros são melhores que mulheres

Um livro didático destinado a adolescentes e utilizado nas escolas do oeste da Índia compara burros com mulheres, e apresenta a conclusão de que o eqüino é a melhor companhia para um homem.

(Será que é por isso que tem tanta zoofilia aqui?)

"Um burro é como uma dona de casa. Ambos têm que trabalhar o dia todo e, de vez em quando, ficam até sem comida ou água", diz o livro, destinado a jovens de 14 anos de idade.

(É verdade, se há pouca comida, as mulheres ficam sem comer e a comida vai toda para o marido. Uma mulher indiana NUNCA come junto com o marido. Primeiro ela lhe serve e só depois, se sobrar comida é que ela come num cantinho do chão da cozinha).

"Na verdade, o burro é ainda um pouco melhor. Porque enquanto a mulher pode às vezes reclamar e ir para a casa dos pais dela, você nunca vai pegar um asno sendo desleal a seu mestre", diz o livro.

Este livro, usado nas escolas do Estado de Rajasthan, motivou protestos da ala feminista do partido nacionalista hindu Bharatiya Janata, que controla o governo do Estado e aprovou o uso da publicação nas aulas.

O Rajasthan é conhecido por ser um dos Estados da Índia mais tradicionais, onde ainda predominam atitudes conservadoras em relação às mulheres.

Representantes do órgão estadual responsável pela educação dizem que as comparações entre eqüinos e mulheres nos textos foram feitas com intenções inofensivas, para criar um efeito cômico no livro.

"A comparação foi feita como um toque de humor", disse A.R.Khan, um dos dirigentes do departamento de educação. No entanto, ele acrescenta que os protestos foram levados em consideração e o conselho de educação removerá a referência do livro. (Somente no próximo ano)

Colaborou: José Antônio

Olha, como já coloquei 3 comentários em parênteses, não vou nem falar mais nada, agora fica a cargo de você escrever SEU comentário.

Incredible India! (slogan do governo indiano)

Om Shanti