14 de agosto de 2007

Querem Degolar Tasmila!!!



Namaskar

A escritora de Bangladesh (pais vizinho), Tasmila Nasreen, que mora aqui na Índia ha 12 anos como exilada, foi atacada na quinta-feira dia 9 de agosto por ativistas muçulmanos na cidade de Hyderabad.

Durante o lançamento de seu ultimo livro, os islâmicos a atacaram com cadeiras e jogaram contra ela livros e ate mesmo os buques de flores. Tudo o que viam pela frente lhes servia como instrumento de ataque. A escritora Tasmila Nasreen teve que sair correndo para se proteger.

Em 1993 após escrever o livro Lajja (Vergonha), ela teve de sair de seu pais, Bangladesh e pedir asilo político a Suécia que lhe concedeu um passaporte da União Européia.

Na verdade os livros de Tasmila não trazem nada de novo, ela, apenas revela as verdades de como os muçulmanos maltratam suas mulheres e comentem atrocidades e arbitrariedades.
Seu livro Lajja foi banido de Bangladesh e lhe foi imposta uma Fatwa..

Seu livro “Amar Meyebela” (Minha Infância) foi banido em 1999, assim como os outros livros “Utal Hawa” em 2002, “Kow” em 2003 e “Dwikhandito” em 2004. Resumindo, não se encontra por aqui (na Índia) e muito menos em Bangladesh seus livros para comprar.

Alguns de seus livros foram traduzidos para o Francês, Espanhol, Inglês, Italiano, Alemão, Holandês, Norueguês e Sueco. Infelizmente ate o momento nenhum de seus livros foi traduzido para o português :(  

Fica aqui a dica para os editores de livros e os tradutores de plantão. Quem sabe alguém se interesse em traduzir e publicar pelo menos os livros mais polêmicos que conta a verdade sobre o modo de vida islâmico em Bangladesh. Eu sugiro que sejam traduzidos pelo menos o Lajja e o “Amar Meyebela”
Alias comprar ou pelo menos encontrar certos livros por aqui eh tarefa praticamente IMPOSSIVEL.

Ha tempos venho tentando comprar os livros escritos por Benazir Bhutto e Indira Gandhi mas ate agora NADA, e olha que eu sou pentelha e vou de livraria em livraria metodicamente, mas eh muito difícil. Estou quase chegando a conclusão que mulheres que escrevem livros por aqui são vista como malditas e como em um passe de magica, seus livros somem da noite para o dia.

As vezes recebo emails ou comentários no blog me perguntando por que as mulheres asiáticas são tão submissas, por que não fazem alguma coisa para mudar sua situação, etc....bem, a resposta eh a seguinte: PORQUE QUANDO ELAS FAZEM ALGUMA COISA, ELAS SAO ASSASSINADAS COMO INDIRA GANDHI FOI, PERSEGUIDAS E EXILADAS COMO BENAZIR BHUTTO FOI E AMEACADAS COMO ESTA SENDO TASMILA NESREEN.

Pois eh, como se já não bastasse a Fatwa imposta em Bangladesh, agora Tasmila esta ameaçada de ser DEGOLADA aqui na índia, em Hyderabad !!!!!!! Isso mesmo, os muçulmanos do sul da Índia quem cortar-lhe a cabeça com uma daquelas enormes espadas como na época medieval!!!!
Bom, como eu quero preservar minha cabeça por mais algum tempo em cima do meu pescoço, vou parando por aqui. Se você quiser saber mais sobre esta mulher corajosa que só por falar a verdade eh tida como feminista, visite o website oficial de Tasmila Nasreen http://taslimanasrin.com/index2.html (em inglês) .

PS. Alem de escritora ela eh medica e muitas vezes seu sobrenome eh escrito como Nasrin e não Nasreen. (Viu só no que da mulher estudar!!!! Por isso que mulher não pode estudar e tem que ficar em casa limpando e parindo filhos, rsssssssss. Como dizia minha avo, “rir para não chorar”)

EXTRA, EXTRA, EXTRA: Eu já havia terminado de escrever esta postagem quando recebi a noticia de que a escritora Tasmila Nasreen, foi fichada pela policia por “promover inimizades segundo religião, raça e língua”, enquanto isso, os islâmicos que a atacaram e que ameaçam degola-la caso ela ouse voltar a Hyderabad, continuam livres e soltos!!!!! Só uma frase me vem a mente neste momento, a frase de uma musica americana antiga.... “It’s a men’s world”

Incredible Hyderabad!

Om Shanti


.