16 de agosto de 2007

Respostas

Namaskar

Hoje eh dia de RESPOSTAS.

Antigamente, no dia de Respostas, eu aproveitava para mandar beijos a todas as pessoas que haviam escrito comentários ou haviam colaborado enviando noticias, mas tem MUITOS leitores com ciúmes, pois nunca ganharam beijos; assim sendo, doravante, todos que participam do blog, direta ou indiretamente, podem sentir-se “Beijados”, mesmo sem eu citar nomes :-)

***
Os resultados das votações sobre o templo Karni Mata ficaram assim:
1. Você teria coragem de entrar descalço no templo Karni mata?
Sim = 16%
Não = 45%
Talvez = 15%

2. Você deixaria seu filho brincar e beber leite com os ratos do templo Karni Mata?
Sim = 3%
Não = 92%
Talvez = 3%

***

Jansen: O dia que eu escrever o livro “A Bíblia segundo Sandra”, 3 coisas irão acontecer. 1. Serei excomungada por todas as igrejas na face da Terra, 2. Ficarei milionária pois será o maior best seller de todos os tempos, e 3. As pessoas terão a oportunidade de ver Deus por um novo angulo :-)

Paulita: Tigu demorou muito para se adaptar a Bilu, mesmo assim, ele ainda não gosta da presença dela aqui em casa. Tadinho do meu Tigu :(

Magali: Se esta perseguição indiana acontece ai em Londres, imagine aqui na terra deles???!!!!!!

Sydney: Aguarde, pois alem das profissões de Enforcador oficial e Limpador de orelha, vem ai mais profissões estranhas que só se encontra aqui na Índia!!!!!

Recado pro pessoal da Record e da Globo, NAO VALE ROUBAR MINHA IDEIA heim!!!!! Ate porque vocês nem sabem mesmo quais são estas profissões hahahahahaha

Pedro: Kathakali eh uma dança indiana misturada com teatro, onde se conta uma estória através dos movimentos da dança e o uso de mascaras e maquilagem especial para criar o efeito desejado. Tentei arrumar alguém para escrever uma postagem sobre isso para nos do Indiagestao, mas ninguém se manifestou :(

Pedro meu amigo, esta da Su-Rupia esta me fazendo rir já ha 15 dias. Muito boa rsssss :)

Anandini Dasi: O Mestre Prabhupada foi um homem a frente de seu tempo e por isso mesmo, muito mal compreendido. Isso eh normal em nossa historia....

Marisa: Que bom que você saiu do armário e enriqueceu o Indiagestao com sua estória. Obrigada!!! :)

Elci: Não amiga. Aqui não da para vir com Real e depois querer trocar direto por Rupias. Você tem que vir com Yen, dólar, Libra ou Euro.

Sobre os Eunucos: Já tive um “eunuco” me abençoando, e sinceramente prefiro uma benção de um travesti simpático a ser su-rupiada por um indiano antipático rssssssss :)

Quanto ao aborto de fetos femininos: Eu sei que eh revoltante o assassinato ilegal de fetos femininos só por serem FEMININOS, mas isso porque pensamos com cabeça de ocidental, vamos ver como eh com cabeça de indiano.......

Fazendo vistas grossas e permitindo este tipo de atividade ilegal, o governo indiano não admite, mas eh um método de controle da natalidade. Como disse o Diretor, em seu comentário: “O aborto de meninas e como método de controle da população. Menos meninas que nascer, menos procriam, menos pessoas nascem.”

Alem de ser um mecanismo de controle de Natalidade, evita sofrimentos futuros. Isto mesmo! Mas quais são este sofrimentos futuros????

a. Endividar a família para pagar o dote da moca por ocasião de seu casamento.
Os bancos aqui na Índia tem uma linha de credito (empréstimo) especifica para casamentos. O pai da noiva pega empréstimo no banco só para poder pagar o dote e fazer a festa.
b. Caso o dote não seja o requerido pela família do futuro marido, no geral as mocas são submetidas a abusos físicos e psicológicos e a posterior morte. (São assassinadas pelos sogros).
c. Evita também o compartilhamento da esposa.

Eh comum o irmão casado que no geral eh o mais velho, compartilhar sua esposa com os irmãos mais novos e primos. Isto não eh nenhuma novidade e temos o clássico caso de Draupadi no épico Mahabharata. Eh algo cultural. Compartilhar esposa diminui as despesas. Imagine que numa família de 5 irmãos, todos tenham sua própria esposa, ou seja, mais 5 bocas para alimentar!!!!!!!! Tendo uma única esposa compartilhada, eh somente 1 boca a mais para alimentar e prazer garantido para todos!!!!

Olha leitor, eu quero que você lembre sempre do seguinte: AQUI NA INDIA Eh TUDO MUITO COMPLICADO. NADA Eh SIMPLES!!!!!! NADAAAAAAA.

Aqui uma coisa que possa parecer banal e simples de ser resolvida, NAO eh!!!!

Aqui nada eh simples e não existem soluções simples para a Índia. As implicações sociais e econômicas são grandes e falam muito mais alto. A Índia eh um pais muito antigo com uma cultura muito enraizada e que se recusa a mudar.

Para entender a Índia, você precisa conhecer sua historia, seus costumes, suas religiões, crenças, superticoes, fatores econômicos, sociais, demográficos e depois de juntar todos estes conhecimentos, você precisa pensar com CABECA DE INDIANO e não com sua cabeça ocidental! Voce tambem tem que morar aqui pelo menos por 1 ano seguido. Só depois de tudo isso, você vai poder ter um leve deslumbre do que eh a Índia, cujo nome na verdade eh BHARAT.

Isso mesmo, a Índia não se chama Índia, aqui para os indianos chama-se BHARAT.

O rio Ganges não se chama Ganges, chama-se GANGA e pasme, a vaca NAO Eh
SAGRADA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Caro amigo leitor, você viu só o quanto você não sabe sobre a Índia!!!! Você não sabe nem o básico e esta tentando entender um pais tão complexo.

Você, inocentemente (assim como eu ha 9 anos atras), tem noções e informações ERRADAS sobre este pais. Os jornalistas que vem para ca fazer suas reportagens e ficam aqui no máximo 10 dias, nada mais fazem do que reproduzir informações erradas que já se perpetuam a dezenas de anos na mídia.

Nunca vi ninguém te explicando que a vaca não eh sagrada, mas sim o boi. Agora pare e pense comigo.... se aqui as fêmeas (de qualquer espécie) só servem mesmo para reproduzir, por que raios a vaca seria sagrada, num pais machista como este?????????

O boi eh que eh sagrado!!!!!! Shiva tem Nandi, um touro como seu acompanhante e não uma vaca!!!! Ganesha tem um rato e não uma rata!!!! E vai por ai afora.....

Simplesmente existe uma lei em alguns estados indianos proibindo o abate de vaca, so isso. Mesmo assim, nestes estados indianos, cristaos, islamicos, estrangeiros entre outros comem carne de vaca normalmente.

As vezes ate penso em te explicar certas coisas mais profundas sobre a Índia, mas como faze-lo se você ainda nem sabe o básico?
Voltando as perguntas...

Rose: “imagino como dv ser difícil pra vc estar ai vendo essas coisas bizarras pq por mais que agente tente respeitar a cultura alheia existem coisas que já não ha justificativa e concordar com isso seria estilo quem cala consente,...”

Já ha algum tempo Rose, descobri que ate mesmo o respeito tem limites!! Acredito que vimos ao mundo não só para aprender, mas também para ensinar o pouco que aprendemos. COMPARTILHAR eh a palavra chave.

Eh muito cômodo dizer que estamos aqui para aprender e assim nos isentarmos da responsabilidade de compartilhar com os outros o que aprendemos. Ensinar eh uma responsabilidade que poucos na verdade realmente querem ter. Eh mais fácil se colocar na posição de aluno e só absorver (receber) sem nunca doar nada para ninguém (retornar ao mundo o que aprendeu).

Rose, suas palavras e o fato da Marisa (veja acima) ter saído do armário, foram as duas coisas mais importantes deste blog nestes últimos 15 dias. Meu esforço diário de escrever para você sob condições adversas que só eu sei quais são, me faz acreditar que meu trabalho talvez não seja atoa. Que de algum modo direta ou indiretamente, sirva para fazer as pessoas terem mais coragem de expor suas idéias e compartilhar conhecimentos; e assim todos podermos crescer juntos.

Todos os dias são cerca de 400 a 430 pessoas acessando o Indiagestao, mas somente 5 ou 6 tendo a boa vontade de escrever um comentário com suas idéias e pensamentos; compartilhando suas estorias. Eh mais fácil ser chupim, explorar, do que doar-se.

Olha como são as coisas Rose, a maioria dos leitores deste blog mora no Uruguai e não no Brasil; mesmo assim ate hoje só recebi 1 email de uma moca do Uruguai. Triste, mas eh verdade. Todos querem ser alunos, ninguém quer ser professor na famosa “escola da vida”.

Om Shanti

.