19 de novembro de 2007

Respostas

Namaskar

Quero agradecer a todos que assinaram a petição para que o “artista” plástico Guilhermo H. Vargas não receba prêmio algum por ter matado o cão de fome e de sede.

Pode ser que nossos esforços não dêem resultado mas pelo menos já sabemos que mais de 230 mil pessoas não concordam com esta forma de arte!

A frase que a Nina escreveu sobre isso eh fabulosa: “esse artista além de tudo é um grande falsificador, a "obra de arte" o cachorrinho tem um autor que é o Mestre dos mestres.”

***

Sem delongas, vamos as respostas.....

Beth: Que bom que após meses lendo o blog vc resolveu participar escrevendo um comentário. Fiquei feliz : )

O melhor meio de demonstrar carinho para um artista eh batendo palmas ao final do show e para um blogueiro eh deixando um comentário ao final da postagem. Obrigada!!

Creio que a linguagem do blog eh “muito linda” como vc falou porque eh a mais honesta possível.

A vantagem do blog eh que como ninguém me paga, não tenho rabo preso com ninguém, assim posso escrever a realidade indiana como ela realmente eh.

Sónia: Aqui na Índia ha canais de TV especializados só com noticias, canais religiosos, canais de filme hindi e canais mistos.

Os canais mistos tem muita novela indiana que consegue ser 10 vezes pior do que as novelas mexicanas. Tem noticiários, filmes indianos e só de calouros e gincanas. Tudo muito amador e grotesco. Chega ate a ser hilário de tão ridículo hehehehehehe

Anita: Sobre a casta brâmane saiba que eh a casta mais elevada de todas. No geral se dizem vegetarianos mas comem carne escondido. Alias fazer as coisas escondidas eh especialidade dos indianos. Por serem a casta mais alta são snobes e não gostam de se misturar com pessoas de outras castas. Os tradicionais fazem muitos pujas e muitos rituais domésticos.

Sónia: Com certeza a sociedade indiana eh triste e deprimida. Esta muito longe de ser alegre e optimista Sonia. Mas também tem motivos; morar na Índia significa muito sofrimento e como a sociedade de castas não oferece a possibilidade de melhoria social, não ha esperança ou objetivos na vida. São conformados. Ainda bem, pois 1 bilhão de pessoas inconformadas e revoltadas não ia dar certo. Como sempre, Deus sabe o que faz!

Lana: Existe papel higiênico nas grandes cidades sim, sem problemas. 1 rolo de 35 metros custa 40 rupias (2 Reais), o que eh muito caro para os padrões indianos e o meu bolso também :(

Cristiane: Quando vc planeja vir conhecer Delhi? Aqui temos MacDonald’s hehehehehe

Nane: O problema de se viciar no Indiagestao eh que ainda não existe antídoto hehehehe

Carla: Aqui tem MacDonalds só em algumas poucas cidades mas só tem sanduíche de frango e peixe. Não tem NENHUM sanduíche de carne (mesmo que a carne seja a famosa minhocona).

Lakshimi: Compartilhou conosco sua experiência. Leia pois vale a pena.

“As suas informações quanto à adaptação são perfeitas e preciosas !
Numa coisa eu acabei me adaptando e concordando que é melhor : dispensar o papel higiênico e lavar as partes pudendas, porque com essa comida, é quase impossível se limpar com papel. Nos meus meses de Índia não consegui nenhuma vez "fazer uma obra" consistente, eram todas semi-diarréicas... descoradas e o papel higiênico só piora a limpeza.
Usar o indian toilet nos trens, conseguir se equilibrar naquela espécie de plataforma para os pés e depois se acertar com a caneca d'água - tudo com o trem chacoalhando - foi outra situação que eu pensei que não era eu que estava ali...”

Belatrix e Ana Paula: Diwali eh a festa das Luzes. Neste dia acendemos as luzes, colocamos pisca-pisca nas janelas, acendemos velas e lamparinas. E o melhor de tudo.... soltamos muitos fogos de artificio. Eh MUITO legal :)

Na verdade representa a luz vencendo a escuridão. O bem vencendo o mau. O que me faz lembrar do titulo de um dos livros do meu amado guru e que recomendo a todos ONDE EXISTE LUZ por Paramahansa Yogananda.

Guruji também criou a musica “Onde existe luz não pode haver escuridão...”

Adriano: menina como ficou???

Gabriela: Obrigada pelos elogios ao blog :)

Guimarães: Adorei sua frase “continuo seu leitor inconteste” :)

Em relação do casamento com a cadela: Eh pratica secular na Índia casar pessoas com animais e objetos inanimados. O próprio deus Ganesh eh casado com uma bananeira.

Este tipo de casamento livra a pessoa de uma maldição. Casando-se com uma cadela o homem acredita que tudo de ruim que possuía passa para o animal.

Menos radical e portanto nunca saiu e nem vai sair em nenhum jornal eh o fato dos indianos darem “chapati” (pão achatado indiano) para as vacas.

Eh comum ver indianos alimentando as vacas (animais). As pessoas ocidentais desinformadas pensam: “ah os indianos adoram vacas, na Índia a vaca eh sagrada etc.” e já escrevi isso antes no blog e repito AS VACAS NAO SAO SAGRADAS isso eh loucura da cabeça dos ocidentais que não sabem nada de Índia!!!!!!!!

Sabe por que os indianos alimentas as vacas????????? Por que dão chapati e mato para elas comerem???????

Para se livrarem de qualquer mau. Qualquer inveja, mau olhado, olho gordo, doença, ziquizira etc.

Ao alimentar a vaca eles acreditam que transferem seus males para a vaca.

Vc ainda crê que a vaca eh sagrada!!!! HAHAHAHAHAHA se acreditar, exijo que vc pare de ler o Indiagestao imediatamente.

OM Shanti OM