12 de dezembro de 2007

Brasil exporta cachaça para a India


Namaskar

Índia se prepara para provar cachaça brasileira

Da agencia EFE (Terra noticias)

Os consumidores da Índia poderão comprar a legítima aguardente brasileira, com a entrada da mineira Cachaça Diva no mercado indiano, informou hoje a agência de notícias indiana "Ians".

A princípio, a bebida será lançada em três das principais cidades indianas.

"Somos a primeira marca de cachaça a entrar na Índia.

Inicialmente vamos lançá-la em Nova Délhi, Bangalore e Mumbai (Bombaim), já que queremos primeiro ver a reação", disse a fundadora da Diva, Cíntia Cardoso de Souza.

A empresa entrará na Índia associada à indiana Aspri Spirits, distribuidora de bebidas alcoólicas internacionais.

"Lançamos este produto na Índia agora porque os indianos têm uma maior curiosidade para provar novos produtos", disse Arun Kumar, da Aspri.

"Atualmente, quase 60% da população indiana tem entre 22 e 45 anos e além disso não se pode ignorar que a classe média tem mais dinheiro para desfrutar de coisas mais finas", acrescentou.

A empresa planeja introduzir entre 1.200 e 1.500 caixas no primeiro ano do lançamento.

"Até o terceiro ano, que será a segunda fase, importaremos entre 5.000 e 6.000 caixas. Tentaremos introduzir a cachaça em Hyderabad, Pune, Chandigarh e Goa", cidade de antiga colonização portuguesa, informou Kumar.

Na Índia, a aguardente terá um preço de 1.378 rúpias (cerca de US$ 45) mais impostos, que variam segundo cada região.

Foto: Internet (Google)

Om Shanti