12 de fevereiro de 2008

Indianas dizem sofrer abuso sexual para receber tratamento anti-Aids

Namaskar

da France Presse, Nova Déli

Funcionários de um instituto médico são acusados de abusar sexualmente de pacientes soropositivas em troca de exames e medicamentos na Índia. A denúncia foi feita neste sábado, num relatório divulgado em Nova Déli.

A polícia está investigando as denúncias apresentadas contra vários empregados do Instituto de Educação Médica e Pesquisa de Chandigarh, segundo o jornal "Times of Índia".

As mulheres que apresentaram queixas de abuso sexual são, em sua maioria, pacientes jovens dos bairros mais pobres da cidade.

"Um técnico me ajudou. Ele me deu muitos remédios e me fez exames sem nenhum problema, mas tudo isso em troca de favores sexuais", declarou ao jornal uma jovem viúva de 27 anos, que não quis se identificar.

Segundo ela, o funcionário pediu-lhe que procurasse outras meninas para seus colegas que trabalham neste mesmo centro de assistência e tratamento da Aids.

Folhaonline

Incredible India!

Om Shanti