12 de abril de 2008

New Delhi eh Tudo de Bom!!


Namaskar

36 horas em Nova Déli: Mais moderna, capital da Índia tem belíssima arquitetura e contrastes

SOMINI SENGUPTA
New York Times Syndicate


Um centro de poder há mais de mil anos, a cidade-Estado de Déli é uma sobrevivente de conquistas e mudanças. As dinastias Lodi e Mughal governaram esta área, assim como os britânicos, até ser novamente transformada pelos refugiados da partição.


Hoje, o novo dinheiro conquistou a região, que inclui Nova Déli, a capital de uma Índia que está mudando rapidamente. A alta dos aluguéis colocou uma loja Swarovski onde antes ficava uma pequena livraria independente, e, no mesmo mercado, uma loja chamada It's All About Bling vende brincos cheios de pontos brilhantes. Felizmente, muito da história notável sobreviveu, permitindo ao turista uma fácil viagem pelas dobras de sanfona do tempo.


Sexta-feira

16h - Tumba ao pôr-do-sol
Esta é uma cidade de ruínas e nenhuma está mais elegantemente preservada que a Tumba de Humayun, uma precursora do Taj Mahal e um dos primeiros exemplos da arquitetura Mughal. Construída nos anos 1560 pela esposa de Humayun, o segundo imperador Mughal, o mausoléu com domo possui um jardim elaborado, contendo tumbas de arenito vermelho, portões e uma mesquita (a entrada custa 250 rúpias para os estrangeiros, cerca de US$ 6 com o dólar valendo 41 rúpias). O melhor horário para apreciá-la é ao final dourado do dia.


20h - A arte do paladar
Para prosseguir na sobrecarga sensorial, siga ao Basant Lok Market, um movimentado shopping center de classe média em Vasant Vihar, no setor sudoeste, cuja principal atração é o restaurante Punjabi by Nature (Basant Lok Market, 11; 91-11-5151-6665;
www.punjabibynature.in). Tudo neste lugar é vistoso e grande, incluindo a comida. Experimente o aperitivo vodka gol gappa: pasteizinhos crocantes recheados com uma dose de vodca que explode na boca. Carnívoros: experimentem o cordeiro assado no forno tandoor ou o peixe tikka. Os vegetarianos terão que se virar com o brócolis assado no tandoor, bastante condimentado. Para pratos mais suaves que não sejam do Punjabi, vá ao mercado de Defence Colony e prepare-se para entrar na fila com outros fãs de comida no Swagath (mercado de Defence Colony, 14; 91-11-2433-7538; www.swagath.in), para pratos de frutos do mar do sul do país. Imperdíveis: lula com molho de manteiga e alho e pitu ao estilo de Chettinad. Um jantar para dois custa cerca de 2 mil rúpias, em qualquer um dos restaurantes (sem contar os vodka gol gappas).


22h - Sorvete na sobremesa
Para sobremesa, vá até uma das dezenas de vendedores de sorvete em frente ao Portão da Índia, onde balões, algodão-doce e o ar fresco proporcionam um agradável piquenique noturno.


Sábado

8h - Antiga glória

Tome logo cedo um táxi até o Forte Vermelho e mesquita Jama do século 17, horário em que são mais gloriosos. Dedique o restante da manhã para sentir a vida movimentada da cidade murada do imperador Shah Jahan, também conhecida como Velha Déli. Toda rua é um mundo próprio, dedicado a autopeças, convites de casamento ou temperos. Uma das mais animadas é a Bazar Kinari, um paraíso de artesãos repleto de armarinhos, lojas de contas e vendedores de turbantes de casamento vermelhos, juntamente com mansões decadentes. Este também é um retrato da economia da velha Índia, com carregadores transportando de tudo, de saris a bananas, sobre suas cabeças.


13h - Expresso Trans-Déli
O caos da velha cidade se dissolve na estação Chandni Chowk novinha em folha do metrô de Déli. Oito minutos e 8 rúpias depois, você está na estação Rajiv Chowk, no coração moderno da cidade, Connaught Place. Redes de varejo estão rapidamente tomando os imóveis com colunatas do início do século 20, apesar de ainda restarem várias livrarias, joalherias e lojas de armas independentes -assim como várias opções para almoço. Poucas superam o bufê do 1911 Restaurant no Imperial Hotel (Janpath; 91-11-2334-1234;
www.theimperialindia.com). Por 3 mil rúpias para duas pessoas, é possível escolher entre lula cozida, salada de rúcula e tiramisú. Para pratos regionais incomuns, experimente o Mosaic (Connaught Place, M 45/1; 91-11-2341-6842). Os pratos incluem camarão de Bengala cozido no vapor com coco e espinafre picante do sul da Índia com arroz.



15h - Loja de cítara
Para fazer a digestão, vá às compras. Para toalhas de mesa, acolchoados ou kurtas, há o Fabindia (Connaught Place, B-28, Inner Circle; 91-11-4151-3371;
www.fabindia.com) e o Soma (Connaught Place, K-44; 91-11-2341-6003; www.somashop.com) em frente ao PVR Cinema. Moda boêmia chique é a especialidade do People Tree (Regal Building, Parliament Street, 8; 91-11-2334-0699; www.peopletreeonline.com) e, a poucos passos de distância, a lendária A. Godin & Company (Regal Building, Parliament Street, 1; 91-11-2336-2809) vende cítaras e tablas. Continue andando pela Parliament Street, passe por um amplo observatório chamado Jantar Mantar, até chegar ao local de discurso público da cidade. Quando o Parlamento está em sessão, grupos se reúnem para protestar ao longo desta rua, seja estudantes universitários contrário à ação afirmativa ou agricultores aflitos com os altos juros.


17h - Corredor da moda
Se quiser algo mais sofisticado, siga ao Lodi Colony Main Market para conferir dois dos estilistas mais inovadores da Índia: o subestimado Rajesh Pratap Singh e o excessivamente badalado Manish Arora. A Singh (Lodi Colony Main Market, 9;
www.pratap.ws) oferece uma paleta suave, com cortes enxutos e impecáveis -talvez enxuto demais caso você tenha quadril. Camisas masculinas e blusas femininas custam a partir de 6 mil rúpias. A Manish Arora (Lodi Colony Main Market, 3; 91-11-2464-8898; www.manisharora.ws) é audaciosa e vistosa; uma túnica de veludo preto com apliques de minúsculas peças de relógios custa pouco menos de 10 mil rúpias. Se preferir explorar o artesanato indiano, deixe de lado o corredor dos estilistas e prefira o Dilli Haat (Naraina Industrial Area, C-126; www.dillihaat.com), um bazar ao ar livre onde artesãos mascateiam de tudo, de meias tricotadas à mão a pinturas ao estilo de Madhubani.


20h - Gostos sofisticados
Os jovens, ricos e impacientes dispõem de muito mais bares do que antes. O Smoke House Grill (Vipps Center, Masjid Moth; 91-11-4143-5530) ocupa dois andares no bairro de Greater Kailash II e seu diferencial são os pratos defumados. Para os vegetarianos, as opções incluem ravióli de alcachofra defumada; para os outros, o frango defumado e sopa de erva-doce, ou pitu e lula ao alho com pimenta vermelha sutil. Se quiser um jantar apropriado, reserve uma mesa no andar de cima. O jantar para dois custa cerca de 5 mil rúpias. O cardápio do bar no andar de baixo é limitado, a menos que pretenda se empanturrar de mojitos de maçã (350 rúpias) e admirar o D.J. Cheenu.


23h - Coquetéis à beira da piscina
Para encerrar a noite, você pode atravessar o pátio escuro até o Kuki (Masjid Moth Complex, E-7; 91-11-2922-5241), uma discoteca da moda onde o couvert varia de zero a 2 mil rúpias por casal; nas sextas e sábados, "cavalheiros" sem companhia atraente são impedidos de entrar. Uma melhor opção é o reluzente bar Aqua à beira da piscina no Park Hotel (Parliament Street, 15; 91-11-2374-3000;
newdelhi.theparkhotels.com). Uma bola de discoteca paira sobre a piscina e a entrada é gratuita.



Domingo

9h - Retiro de iogues
O pièce de résistance da cidade, também seu pulmão verde, é o Lodhi Gardens, um santuário tranqüilo e gratuito para periquitos e namorados. O amanhecer é reservado para os iogues que saúdam o sol, burocratas influentes que fazem caminhadas e pombas e esquilos que bebem nas mesmas poças. Também há mais de 100 espécies de árvores e tumbas que remontam os anos 1400. Para um café da manhã e o jornal matinal, vá ao ChokoLa (Khan Market, 36; 91-11-4175-7570), um café adorável no Khan Market com serviço de má qualidade. Para um último kebab, vale a pena fazer alguma hora até que o Khan Chacha, um quiosque dentro do mercado, abra suas portas (Khan Market, Middle Lane, 75; 91-98106-71103). A especialidade é o rolinho kathi, recheado com frango, carneiro ou queijo panir, talvez a lembrança mais saborosa desta nova cidade velha.


Informações básicas
O Aeroporto Internacional Indira Gandhi (
www.newdelhiairport.in) está passando por uma grande reforma, então prepare-se para um caos maior do que o habitual.


As diárias de hotéis recentemente subiram às alturas. Se gastar dinheiro não for problema, fique no ultramoderno Park Hotel em Connaught Place (Parliament Street, 15; 91-11-2374-3000; newdelhi.theparkhotels.com). Ele possui um bar à beira da piscina e quartos modernos que costumam custar a partir de 16 mil rúpias, cerca de US$ 390 com o dólar valendo 41 rúpias, mas com descontos online.


A Thikana (Gulmohar Park, A-7; 91-11-4604-1569; www.thikanadelhi.com) é uma nova pensão elegante com móveis e acessórios modernos e refeições caseiras a pedido. Diárias dos quartos duplos a partir de 4.500 rúpias. O único inconveniente é a localização: ela fica em uma importante via sempre congestionada.


O Jor Bagh 27 (Jor Bagh, 27; 91-11-2469-8475; www.jorbagh27.com), com 18 quartos, é tão básico a ponto de ser estéril, mas fica em frente ao Lodhi Gardens e à Book Shop (Jor Bagh Market, 13/7; 91-11-2469-7102), talvez a livraria mais aconchegante do país. Quartos duplos a partir de 3.500 rúpias.


Apesar de todas as mudanças, Nova Déli continua sendo uma cidade de contrastes, então prepare-se para cenas violentas de miséria. Entre as caridades que trabalham com animais estão: People for Animals http://www.peopleforanimalsindia.org/ E-mail: pplforanimals@nic.in Tel.: 1800-11-2121; Frendicoes SECA http://friendicoes.org/



Tradução: George El Khouri Andolfato

Fonte: UOL Viagem



Com o Indiagestão você viaja sem pagar nada e fica conhecendo TUDO que ha de melhor!




Incredible New Delhi!


Om Shanti