20 de maio de 2008

Gaúcha ensaia carreira em Bollywood


Namaskar

A modelo Bruna Abdalah, 21, começa a chamar atenção

na forte indústria cinematográfica indiana.

O idioma ainda é barreira.

Brasileira fez uma ponta em superprodução, apresentou

programa de TV e já virou alvo da imprensa de fofocas:

"Tiro o telefone do gancho, não dá"

LUCAS NEVES
DA REPORTAGEM LOCAL

Na cobertura de um arranha-céu futurista, uma bela

morena em frugais trajes vermelhos sacoleja enquanto

entoa "Rehem Kare", circundada por uma dezena de

dançarinas vestidas à la Liza Minnelli em "Cabaret".
Depois do refrão, entra um rapper indiano cabeludo

pedindo "have mercy, girl, have mercy" (tenha

misericórdia, garota...).
A cena é de um dos números musicais do filme

"Cash" e a “indiana” é a gaúcha

Bruna Abdalah, 21, modelo que tenta a sorte em
Bollywood, a forte indústria cinematográfica

daquele país. A ponta na fita policial ("Todo mundo

é bandido no filme, mas não posso falar direito;

nem eu assisti") é seu début na tela grande.

Antes de "Cash", ela estrelou um clipe da estrela

local Shekhar Suman.
No início deste ano, apresentou, num canal de

TV aberta, o concurso "India's Hottest", em que,

"de vestidinho curto, coladinho", buscava o
casal mais bonito do país -que levou US$ 10 mil

(cerca de R$ 16.500).
Foi esse programa que a tornou conhecida do grande

público indiano e por tabela, alvo preferencial da

imprensa de fofocas. Já andaram até
apontando-a como pivô da separação de um casal

de estrelas (Salman Khan e Katrina Kaif). "Fiquei

no jornal e na televisão por duas semanas. Que adianta? Se
você dá entrevista, eles não escrevem o que tu fala.

Se não dá, eles escrevem do mesmo jeito! Encontrei o

Salman Khan duas vezes. Ele me aconselhou e me deu

o nome de uma agência", diz ela.
Aqui no Brasil, onde passa férias, Abdalah também

parece algo incomodada com o interesse da mídia por

sua carreira. "Não sei o que aconteceu. Out of the blue

[de repente], todo mundo começou a ligar e
perguntar de "Cash". Tiro o meu telefone do

gancho. Não dá."

Agora, ela estuda o idioma hindi para poder assumir

papéis de peso.
"Já tive vários convites, mas não quero fazer

dublagem. Quero falar fluente, saber me expressar.

Tem um monte de gente que me chama de louca
[por recusar ofertas]."
Enquanto isso, ela decora fonemas para declamar

em anúncios. "Acabei de gravar um da pasta de

dente Colgate. Vou ser a garota Colgate 2008.
Sou muito orgulhosa de falar isso: simplesmente

todas as mulheres da Índia fizeram teste, e eu consegui.

Eu dou mesmo para comercial, não adianta."

Fonte: UOL noticias

Colaborou: Dr. Nicolas

Incredible India! (slogan do governo indiano)

Om Shanti