9 de maio de 2009

Pratibha Patil



Namaskar



Compartilho hoje com você a biografia da primeira presidente da Índia, a senhora Pratibha Patil, segundo o livro: President Pratibha Patil India’s First Woman President escrito por Ritu Singh.




Antes de tornar-se a primeira mulher presidente da Índia, Pratibha Patil tornou-se a primeira mulher governadora do tradicionalista e machista estado do Rajastao em Novembro de 2004.



Durante seu governo no Rajastao, Pratibha Patil manteve seu modo de vida simples e austero. Ela não mudou a decoração ou os moveis do Raj Bhavan (a casa onde mora os governadores do Rajastao) e a piscina permaneceu sem água. A única mudança que ela fez foi tornar o Raj Bhavan vegetariano durante o seu governo.



Apesar de ter sido governadora do Rajastao, Pratibha Patil eh originaria do Maharastra onde em sua juventude foi por diversas vezes a campeã de tênis de mesa, possuindo diversos troféus. Ela também participou de torneios de tênis de mesa a nível internacional representando a Índia.



Pratibha Patil sempre foi muito determinada e disciplinada e ao vencer, pelo quarto ano consecutivo o torneio de tênis de mesa, disse a uma colega da faculdade “Ninguém nasce com sorte. Você tem que ser determinada e dedicada, só isso.”



Quando o stress de ser governadora de um estado retrogrado acumulava, ela tirava o sapato e caminha descalça na grama que cerca o Raj Bhavan. Os dias de ferias eram passados na única estancia climática do Rajastao Mount Abu, que fica a 1219 metros de altitude e possui os maravilhosos templos de Dilwara construídos em mármore no século XI e XIII.



Pratibha Patil nasceu no dia 19 de Dezembro de 1934. Seu pai, Narayan Paglu Rao, ao contrario da maioria dos pais, ficou orgulhoso por ter tido uma menina. Ele era um expert em astrologia e logo viu que Pratibha Patil teria sucesso e iria longe na vida. Assim sendo, ele resolveu dar-lhe a melhor educação que poderia oferecer e a enviou para a escola R.R. School.




Pratibha era de uma família muito conservadora onde não era permitido as meninas irem a escola. Seu pai ao coloca-la na escola causou uma pequena revolução familiar; mas isto deu a oportunidade a Pratibha de compartilhar de 2 mundos ao mesmo tempo (o austero ambiente familiar e o ambiente das idéias – na escola).



Pratibha sempre se vestiu com saris e continua com este habito, seu único diferencial eh que por baixo do sari ela sempre usa uma blusa de mangas longas.



Ela foi estudar Direito em Mumbai e em 1962 foi eleita College Queen, (Miss Universidade), de onde podemos deduzir que era ela bonita quando jovem.



Ainda jovem Pratibha disse a seu pai: “Eu não vou casar com um homem que queira dote”. O pai de Pratibha já havia juntado o dinheiro para o dote de sua filha e assim sendo, resolveu dar este dinheiro para a própria filha e foi com este dinheiro do dote que Pratibha Patil concorreu a sua primeira eleição e iniciou sua vida política!



Aos 31 anos de idade, Pratibha finalmente encontrou um pretendente que ela gostasse e que não queria dote. No dia 7 de julho de 1965 ela casou-se com Devisingh Ramsingh Shekhawat. Ele havia sido prefeito da cidade de Amravati no estado do Maharastra.


O mais interessante eh que Pratibha não quis o sobrenome no marido e preferiu manter seu nome de solteira - Pratibha Patil.



Eh importante que eu explique para você que antes de Pratibha Patil ter sido a primeira mulher governadora do Rajastao e agora ser a primeira mulher a ser presidente da Índia; bem antes disso, Pratibha Patil foi a primeira mulher a ter um cargo de ministério no estado do Maharastra. Como você pode ver, Pratibha Patil foi primeira mulher a atuar em diversos cargos políticos dentro deste pais ainda ultra conservador que eh a Índia.



Não se deixe levar pelas aparências. Hoje Pratibha Patil eh uma senhora idosa com cara de vovó boazinha, mas ela na verdade eh uma mulher muito batalhadora, determinada, de fibra e muito inteligente e estudada. Alem de ser formada em direito ela também possui o titulo de Mestrado em artes.



Ela NUNCA perdeu uma eleição ate hoje. Para mim foi um papelão o que os políticos brasileiros fizeram para ela quando Pratibha Patil ai esteve no Brasil ano passado. Fiquei extremamente envergonhada. Não se despreza um dignatario internacional só porque eh mulher, eh idosa e se veste de forma diferente (sari). Saiba que ela tem MUITO mais estudo do que o atual presidente do Brasil. Pratibha Patil vem ao longo de sua vida vencendo barreiras que ate hoje nenhuma mulher (política) brasileira venceu!!



Pratibha conheceu pessoalmente a Primeira-Ministra da Índia, Indira Gandhi, em 1970 e permaneceu leal a Indira Gandhi mesmo durante a crise política de 1977.



Quando Indira Gandhi foi presa Pratibha Patil declarou: you have to arrest me too. If Mrs. Gandhi goes in, so do I”, e acabou também sendo presa. Após 10 dias da liberação de Indira Gandhi, Pratibha Patil também foi solta. Quando o filho mais novo de Indira Gandhi (Sanjay Gandhi) morreu, Pratibha Patil foi a casa de Indira e a ajudou como pode, dando não somente apoio moral como também cuidando da cozinha.



Após 34 anos de vida política sem nunca ter perdido uma única eleição, Pratibha Patil resolveu se aposentar do cenário político em 1996. No entanto seu dever para com a Índia ainda estavam longe de terem acabado conforme ela havia planejado. Em novembro de 2004 o partido Congressista a indicou como governadora do Rajastao e Pratibha Patil voltou a ativa.



Pratibha Patil criou o Pratibha Mahila Sahakari Bank um banco voltado somente as necessidades das mulheres e que da empréstimo somente para mulheres. Pratibha prioriza o desenvolvimento da zona rural e da agricultura; e o fim do feteocidio de meninas e o casamento infantil.



Mesmo antes de terminar seu mandato como governadora do Rajastao, Pratibha foi indicada a presidência.


No dia 25 de Julho de 2007, ela assumiu o cargo de Presidente da Índia, aos 63 anos de idade.


*******************


Coincidência ou não, o fato eh que a Índia começa a sair da miséria e da podridão em que se encontrava justamente agora que mulheres capacitadas e de fibra estão no comando desta nação que infelizmente continua sendo ultra machista.


Eh lamentável ver que as mulheres pouco se interessam por política. Elas poderiam mudar a historia do mundo se por todos os países as mulheres saíssem de sua pasmaceira e participassem ativamente da política de seus países.


As 3 mulheres que atualmente estao no comando da India sao: Pratibha Patil, Sonia Gandhi e Sheila Dikshit.

E VIVA AS MULHERES!!!!!! :)


Incredible Pratibha!


Om Shanti


Copyright - A reprodução é PROIBIDA. Se o fizer, pelo menos que o/a autor(a), a fonte e o blog INDI(A)GESTÃO sejam devidamente citados e os links corretamente fornecidos!!


Users copying anything from this blog must give the blog's link in their site!


Ao deixar um comentário, por favor IDENTIFIQUE-SE.