6 de maio de 2009

Sozinha na India - Parte 6

Namaskar

Continuando com nossa interessante serie de depoimentos da Lucia...

Depoimento 6


Em Jaisalmer eu fui para o hotel onde os estrangeiros que conheci no trem iriam se hospedar. Só fiquei um dia e no dia seguinte fui para um outro bem melhor fora do Forte. O primeiro hotel fica dentro do Forte e praticamente me senti voltando ao tempo dos Flinstones pois tudo era na pedra e a cama era tão dura que mal consegui dormir e no dia seguinte acordei toda torta.


Se eu for falar dos hotéis da Índia eu acho que já estou PHD neste quesito. De todos os hotéis por onde passei somente o de Pune era realmente limpo e muito bom. O resto era quase a mesma coisa. Aprendi que não se pode dar muita atenção ao quesito higiene na Índia senão você fica uma chata e acaba não desfrutando da viagem.


Eu me hospedei tanto em hotel caro como em hotel basicão e foi em um dos bons hotéis que fiquei, que encontrei no banheiro certas “ amiguinhas”, enquanto que nos hotéis mais simples eu não fui recepcionada por nenhuma barata.


Chega em um ponto da viagem que você acaba se acostumando com essa bagunça indiana e passa a não dar muita importância à higiene das coisas. E isto serve para os hotéis, para os copos dos restaurantes, pratos, talheres, etc. Como eu passava o dia fora e só voltava à noite para o hotel, eu relaxei quanto a isso e no final me pegava rindo sozinha dizendo para mim mesma: Oh Incredible Índia!!!!


Isto vale também para a comida e até bebida. Teve um local onde eu pedi Sprite e posso jurar pelo meu cachorro Boris, que para mim é o meu filho, que aquilo estava longe de ser Sprite. A bebida era levemente encardida, não tinha gás e o gosto passava de longe ao que eu conheço como Sprite. Não vou tecer nenhum julgamento prévio mas o fato é que depois disso eu passei mal.


Eu não comi nada na rua, somente em restaurante. Certos lugares por onde passei não tinham boas opções de restaurantes.... só me restava rezar muito na entrada, no meio e no final da comida. Se eu tivesse ficado com frescura eu teria morrido de fome. A comida indiana é tudo igual. Em quase tudo se coloca curry na comida. Tudo parece ter o mesmo gosto e o mesmo cheiro. A única coisa que eu não gostei na Índia foi a comida. Tive um problema sério com ela pois só o cheiro me embrulhava o estômago. Tentei passar meus dias a base de MacDonald´s, pizza e sanduíche de queijo. Perdi uns 4 kilos na Índia (em 1 mês) por conta disso. Há males que vem para o bem!



Voltando ao assunto hotéis eu tive uma idéia que me foi muito útil e eu recomendo a todos e em especial para as mulheres.


Como eu estava sozinha eu tinha que pensar em minha segurança, até porque em todos os hotéis, SEM EXCEÇÃO, quando eles sabiam que eu estava só eles me olhavam diferente. Para ser mais direta eles me olhavam com aquele ar de comedor e como se eu fosse uma mulher fácil. Então sempre que eu chegava em um hotel e dizia que estava só eu acrescentava que outros amigos brasileiros e indianos estavam vindo para se hospedar no mesmo hotel que o meu, caso eu dissesse que o hotel era bom. Assim eu fazia com que o hotel melhorasse na qualidade do serviço caso contrário eles perderiam futuros hóspedes e o mais importante de tudo foi dar um certo medinho neles, pois caso eles estivessem com segundas intenções comigo eles já ficariam com receio uma vez que eu dizia que todos os meus amigos sabiam em qual hotel eu estava hospedada.


Eu ainda falava que tinha amigos indianos que moravam na cidade onde eu estava hospedada. Sempre é bom enviar emails para a família ou amigos mais próximos dizendo em qual cidade se está indo. É só por questão de segurança mesmo. Eu não tive problemas na Índia, o país é seguro de se viajar mas todo cuidado é pouco.


Continua amanha...

Copyright - A reprodução é PROIBIDA. Se o fizer, pelo menos que o/a autor(a), a fonte e o blog INDI(A)GESTÃO sejam devidamente citados e os links corretamente fornecidos!!


Users copying anything from this blog must give this blog's link in their site!

Ao deixar um comentário, por favor IDENTIFIQUE-SE.