8 de maio de 2009

Sozinha na India - Parte Final

Namaskar

Hoje temos a ultima parte dos depomentos da Lucia.

Querida Lucia, MUITO agradecida por ter enriquecido o Indiagestao com seus depoimentos tao uteis principalmente as mulheres!!!! BRIGADUUUUUUUUUUU


Pude perceber que a mulher brasileira não é bem vista na Índia não somente pelas imagens do carnaval brasileiro que são mostradas no país, mas sim por dois outros motivos.

O primeiro é devido o aumento de prostitutas brasileiras na Índia e o segundo é por causa do aumento de brasileiras que vêem se comunicando com indianos pela Internet, mais precisamente pelo Orkut.

Os indianos são bons de lábia e as brasileiras estão se apaixonando e caindo na besteira de acreditar em tudo que os caras dizem. E com isso escrevem coisas íntimas e pessoais para pessoas que elas nunca viram na vida

A nossa cultura é completamente diferente da deles e dificilmente um indiano irá romper com as tradições e assumir um relacionamento com uma brasileira para a família.

Eles mentem muito, mas de uma forma tão bem feita que as meninas acreditam ter encontrado o príncipe encantado...... mas príncipe encantado não existe.

Eu tenho um amigo indiano que me confidenciou estar assustado com o número de brasileiras que se comunicam no Orkut com indianos e principalmente pelas respostas que elas dão. Ele disse que os colegas de trabalho fingem estar apaixonados, elogiam dizendo que a garota é especial, é diferente, que nunca sentiram nada igual, que ficariam muito felizes de se encontrar pessoalmente com elas.... mas no fundo estão rindo das respostas que eles recebem e o pior de tudo é que eles mostram os recados para os outros colegas rirem também.

Ele me disse que as brasileiras que estão mantendo contato com os seus colegas escrevem muita coisa picante e que ele não tinha coragem de me dizer o conteúdo. No final ele me disse para as brasileiras não confiarem 100% nos indianos, tanto em termos de amizade como principalmente no campo amoroso.

Eu posso dizer por mim mesma. Eu tinha 9 amigos indianos. Desses, apenas 4 foram de fato honestos, gentis e respeitadores (3 são de Pune e 1 é de Delhi). O resto dá vontade de rir para não chorar. Um deles, quando soube que eu estava mesmo indo para a Índia me perguntou se eu me importava de ficar no hotel com ele....com certeza não era para brincar de boneca .

Outros 2, que sempre me incentivaram a ir para a Índia, dizendo que não era para eu me preocupar pois eles me ajudariam na Índia, seriam os meus guias, etc. quando eu avisei que estava com viagem marcada, simplesmente eles ficaram tão apavorados que começaram a enviar emails sobre terrorismo e que a Índia não era segura e que era melhor eu adiar a viagem ou se pudesse nunca ir à Índia!!

Quando eu cheguei em Delhi eu enviei emails para todos daquela cidade dizendo em qual local eu estava, o telefone para contato e até quando eu estaria na cidade. Apenas um me telefonou e se comunicou comigo. O resto se fingiu de morto e somente no dia em que eu não estava mais em Delhi alguns desses resolveram dar o ar da graça e aparecer. E todos esses, inventaram uma desculpa qualquer e ainda me culparam por eu não ter ligado para eles. Ora, eu já tinha feito a minha parte, escrevendo para eles.

Pelos menos esses indianos que eu conheci não assumem seus erros e são muito mentirosos. Um deles chegou a pedir o meu endereço para que ele pudesse me visitar no fim de semana e eu marquei em um lugar público, no Café Coffee Day. Dei o endereço e o horário para o encontro mas o tal rapaz não apareceu. E o problema de caráter não envolveu apenas os meus “amigos” indianos. Eu tinha uma amizade bem próxima com uma indiana. Nós conversávamos quase todo sábado no chat, cheguei a enviar um presente do Brasil para ela e ela me demonstrou estar ansiosa e feliz por me ver. Quando eu comprei a passagem eu avisei a ela e foi a partir daí que ela sumiu...escafedeu-se. Eu cansei de enviar inúmeros emails pedindo o endereço dela pois eu queria visitá-la e ela nunca me respondia.

Quando cheguei na Índia eu avisei onde estaria e o telefone para contato....não tive nenhuma notícia dela até o dia em que eu saí de Delhi e fui para Pune que ela cismou de ligar. Ela, assim como os outros, calcularam o dia em que eu não estaria mais em Delhi para ligar. Assim eles não seriam cobrados uma vez que me ligaram.... Sei que não são todos os indianos que possuem este comportamento mas serve de alerta para as milhares de meninas que estão se comunicando com algum indiano.

Homem é igual em qualquer lugar do mundo e acredito que na Índia a situação é pior pois você casa e ainda vai morar com a sogra....Deus me livre e guarde de morar com a sogra e não poder mandar na minha própria casa. Nada melhor do que namorar e casar com alguém da própria religião, língua, costumes. E eu posso dizer que depois desta viagem eu admiro cada vez mais o povo brasileiro, a cultura, a comida, as paisagens, e porque não o homem brasileiro.

O que acaba com o nosso país é a violência, pois sem ela o Brasil seria um lugar maravilhoso de se viver. Voltando ao meus amigos indianos eu não tive uma boa impressão dos “ amigos” de Delhi, mas em compensação os meus amigos de Pune salvaram a imagem que eu estava tendo dos indianos de um modo geral e pude ver, graças a Deus, que nem todo indiano é falso, mentiroso e ardiloso.

Os de Pune foram extremamente gentis, verdadeiros gentlemen e super honestos e respeitadores. Uma das melhores coisas que me ocorreram na viagem à Índia foi sem dúvida conhecer de perto esses meus amigos, que eu correspondia a mais de um ano e meio.

Enfim, de um modo geral eu amei a minha viagem e quero voltar novamente a este país que me acolheu e me deu muitas alegrias. Fui muito feliz na Índia e sinto saudades de tudo, menos da comida.

Veja:


Lucia Cordovil

Copyright - A reprodução é PROIBIDA. Se o fizer, pelo menos que o/a autor(a), a fonte e o blog INDI(A)GESTÃO sejam devidamente citados e os links corretamente fornecidos!!


Users copying anything from this blog must give this blog's link in their site!


Ao deixar um comentário, por favor IDENTIFIQUE-SE.