1 de junho de 2009

Respostas


Namaskar

O resultado da última enquete ficou assim:

Os posts mais comentados de 2009 devem continuar a serem exibidos?
Sim = 87%
Não = 13%

Quero começar agradecendo a todos que assinaram a petição pelo fim do assassinato de baleias na Dinamarca e no Japão. Todos vocês que se manifestaram entraram para minha lista de orações! Om Shanti ....

What is isso?

Os acertadores foram: Lana, Sheila, Alyson, Cris, Patrícia, Ilka e Lara.

O prêmio de melhor resposta vai para o Thiago, que escreveu: “Muito simples! O uso do hijab (árabe = cobrir = véu)”

Lana e Lara: Nas zonas rurais não ha muitas escolas, e as meninas e meninos tem que estudar na mesma escola, mas em geral, em classes separadas ou pelo menos em classes divididas, ou seja, de um lado sentam as meninas do outro lado sentam os meninos.

Lara: Não sei se ganha-se dinheiro para entrar no livro dos records, só sei que eles ganham um troféu.

SIM. Os homens com cabelos mais longos, barbas, pelo de ouvido, sobrancelha, unhas etc são todos aqui da Índia!!!!!


Só ficou faltando o mais longo pelo de nariz :)

Alyson: Não são necessariamente os dalits que cuidam de fazer os shit cakes, a não ser que eles tenham algum animal. No geral eh o próprio dono do animal que faz; não importa a casta.

W: As paredes são feitas de barro, mas revestidas de bosta de animais. A bosta serve somente como ‘acabamento’.

Não sei se os indianos tem vermes, mas não vejo crianças magras e barrigudas de vermes. Só vejo crianças esqueléticas (sem barriga).

Cris: O talco e/ou pó de arroz no rosto em um tom mais claro do que a pele, eh para parecer mais clara (mais branca), pois os indianos ODEIAM serem escuros.

Bru Lyrio e Lara Maria: Depois que vim para a Índia, aquela velha canção de Raul Seixas – Metamorfose – me caiu como uma luva. Sou uma metamorfose ambulante. Quando aqui cheguei odiava profundamente os indianos por me tratarem como um E.T.. Me sentia um animal no zoológico sendo observado por um bando de humanos; hoje eu adoro receber tanta atenção, o ego fica estufado e tenho sempre que controla-lo para que não extrapole. Mudei muito aqui na Índia, continuo mudando..... sou uma constante metamorfose....

Errata: O Erick informou que o próximo Kumbha Mela que ocorrera em Haridwar no próximo ano (2010) eh o ARDHA Kumbha Mela e não o Maha Kumbha Mela como eu havia escrito no post.

Sonia, Lara Maria, W e Mary: Os Kumbhas Melas podem ser considerados Raves Religiosas SIM!!! Gostei de sua definição.

A palavra Kumbha significa ‘Jarro/pote’ e a palavra Mela significa ‘festividade’. Segundo a mitologia hindu, dentro do jarro (Kumbha) havia amrita uma espécie de ambrosia que .... eh uma longa estória, não sei se interessa pra vocês. Se interessar farei uma postagem contando toda a estória mitológica.

What is isso?

Este eh o pe de um homem! Na verdade eh o pe do peixiero, onde compro peixe para meus gatinhos.
Acertadores: Natalia, Josilene, Ilka, Patricia, Lara, Vinicius e Lana.

A melhor resposta foi a da Lana: “será que o esmalte acabou bem na hora?”

Rose: Não, as indianas não são nem um pouco lisinhas como as indiginas.

Marina: Mesmo para os indianos que residem fora da Índia a divisão social em castas continua sendo importante. Prova disso esta no fato de a maioria deles vir para a Índia só para se casarem com quem seus pais escolheram, e em seguida voltam aos países onde moram.
Os pais por sua vez escolhem sempre parceiros de pele clara, da mesma casta e de preferencia da mesma comunidade, para seus filhos/as.

Profa. Sandra

Om Shanti

Reprodução/Tradução: A autora e o blog INDI(A)GESTÃO devem ser devidamente citados e o link corretamente fornecido.