16 de setembro de 2009

Susto!!


Namaskar


‘Meu amigo Che’ disse certa vez: “Hay que endurecerse, pero sin perder la ternura, jamás”


Eu tinha então 20 ou 21 anos de idade e esta frase ficou comigo para sempre.


Ela ganhou pleno significado há dez anos atras quando vim morar aqui na Índia onde a vida eh bastante dura e as pessoas rudes.
 Eu pensei que ainda vivia sob a forte influencia desta frase de Guevara mas no domingo passado levei um susto.


Você já se assustou consigo mesmo???? (desculpe o pleonasmo, que serve aqui para enfatizar a pergunta)


Ainda estou estupefata ao perceber que minha vida desviou-se do ensinamento de Che.


Foi com horror que descobri que perdi a ternura!


Depois de uma década na terra de Gandhi, onde o que vale eh o ‘cada um por si’ foi com surpresa que descobri no domingo passado que perdi o traquejo social, as boas maneiras e a pouca finesse que possuía.


O ocorrido foi simples, alguém gentilmente (um brasileiro, claro) abriu a porta do carro para mim e eu automaticamente fui para o outro lado do carro para abrir minha própria porta e entrar.


Não chegou a ser uma situação embaraçosa pois o rapaz em questão eh muito boa gente, simpático e nosso encontro era informal, mas o fato eh que perdi la ternura e não sei se há caminho de volta :(


Adendo: Pelo comentario de um indiano que acabo de receber (veja o comentario em ingles) creio que nao haja caminho de volta enquanto eu viver aqui :( 

Claro que nao irei deletar o comentario extremamente grosseiro e maleducado do indiano, pois ele eh a prova cabal de eu que nao minto, e de que os indianos sao SIM, absurdamente rudes.

Om Shanti