12 de julho de 2010

Depoimento da Cris


Namaskar

Fique hoje com o depoimento da Cris.



SONHO INDIANO



Em 2007 eu conheci um indiano com o nome de sandeep, em um site de relacionamento.

na realidade pensei que ele fosse da Alemanha, porque no perfil dele estava escrito....Alemanha.

Quando ele me disse que era indiano, eu pensei comigo....não sabia que havia meninos lindos na india.

Foi então que começou a minha obesessão por indiano.................comecei desesperadamente procurar algum menino tão lindo quanto sandeep...........Até que encontrei um.....no ano de 2008.

Ele por sua vez, quando me viu pela primeira vez online pela webcam, me disse assim......eu não sabia que a minha amiga era tão linda.

começou então a dizer coisas lindas para mim...começamos a nos falar por telefone também...........Ele era o tipo do cara ideal.....bonito, romântico.

Me fez apaixonar perdidamente por ele...dizendo essas frases......." you are my first and last love", "you are my wife", " i love u so much", my lifepartner. i will marry you soon. i will get marriage only with you.

E muitas outras coisas....por dois anos eu ouvi ele me dizer i luv u...

Não vou dizer que não tivemos brigas e nos separamos algumas vezes......porque isso ocorreu sim. mas enfim haviamos voltado juntos.

Então decidi que passaria as minhas férias na india com ele..........para fortalecer a nossa relação.



Tirei o passaporte, o visto e fui pra india, no dia 8 de maio desse ano.

Quando cheguei em nova delhi, já levei um grande susto.................nunca tinha visto tantas pessoas dormindo nas ruas.... e o pior, era na terra mesmo.

Pegamos um táxi para ir ao hotel, e o motorista não parava de buzinar e eu quase perguntei a ele, o motivo de buzinar tantas vezes, se não havia ninguém na nossa frente.

Fomos para o hotel que ele havia reservado para passar aquela noite, já que saí do aeroporto onze horas da noite.

Quão grande foi a minha surpresa, eu confesso que estava querendo sumir dalí. O hotel era horrível, sujo era pouco para descrever a situação daquela imundície.

Acho que nunca limparam os móveis........ele pediu o jantar e eu simplesmente recusei...não comi absolutamente nada lá.

Um dos moços que trabalhava no hotel, vinha no meu quarto e entrava sem bater na porta, quanta falta de educação.

No outro dia começei a sentir realmente aquele calor infernal........estava muito quente.

Passei a beber muito líquido......coca cola o tempo todo. nunca bebi tanto líquido em minha vida.

Naquele dia comecei analisar aquele moço e vi que ele não era nada daquilo que eu imaginava.

Ele era simplesmente o oposto.



Começaram as brigas........brigas e mais brigas.......e vcs sabem por que????? ele ligava para outras garotas quase o dia inteiro. o tempo todo falando no celular e em hindi. claro......porque eu não entendia nada

No terceiro dia fomos para Agra. A viagem foi muito cansativa, andei naquele ônibus caindo aos pedaços, e me parece que não passava dos 50 km por hora. Quanta diferença dos ônibus de viagem daqui. A viagem que duraria 2 horas, levou 6 horas. Confesso que senti muita vergonha e raiva lá....As pessoas não paravam de me olhar, as vezes me apontavam e eu ouvia dizendo assim..."a estrangeira"

Enquanto ainda estava na rodovia, vi um macaquinho tomando banho na caixa de água de uma casa....rsrs, as pessoas daquela casa tomaram água de macaco.........rsrsrsrrsrrs

Cheguei em Agra e Confesso que não gostei da cidade ....Porque lá me hospedei em dois hotéis... e em um deles, não havia banheiro adequado para mim.........somente aqueles banheiros indianos.

Algo que me chamou atenção foi duas meninas lavando roupas em um poço, que não era na casa delas, era do lado da rua. A menina maior tinha 13 anos de idade mais ou menos, ela estava pegando a água,e a menor deveria ter 8 anos de idade. Ela estava batendo as roupas. Duas crianças com uma árdua tarefa.

Fui no taj mahal, antes de entrar no taj já começou a palhaçada........para comprar o meu ticket era do lado dos estrangeiros...........é isso mesmo.....separado dos outros, que por sinal o preço não tem comparação.

Tive que pagar 750 rúpias e ele simplesmente pagou 20 rúpias. Fazer o que....já estava lá mesmo

Eu estava maravilhada vendo aquele monumento......foi simplesmente o tempo de entrar dentro do taj e minha pressão caiu......eu chamei ele e disse.... me segure, eu estou passando mal........pedi duas vezes e ele nada fez, simplesmente ficou me olhando, foi então que pedi a Deus que me guardasse. Perguntei a ele se eu poderia sentar lá dentro e ele respondeu que sim. Fomos um pouco mais adiante e eu me sentei......Observei que algumas pessoas estavam tirando fotos minhas, enquanto eu estava agonizando...... e rindo principalmente. Ele por sua vez falou: " eu não sei porque você age como criança".......epa, eu estava passando mal e ele fando daquele jeito comigo.

Não fiquei mais que 3 minutos no taj mahal......ele disse assim..."vamos embora, não quero que as pessoas fiquem rindo de mim"

Os indianos são tão desumanos..........eu passando mal e eles rindo de mim.......

Fui embora, não pude ver tudo o que existe em volta do taj mahal..........mais tarde ele colocou a mão na minha testa e perguntou " você está doente"??.......

naquele momento as lágrimas desceram......eu argumentei......eu falei que estava passando mal e você simplesmente não fez nada por mim........você se preocupou com as outras pessoas e com você mesmo....eu não era nada alí.



Passado esse incidente, fomos para jaipur. Gostei da cidade,muito bonita.

Fui em todos os lugares turísticos de jaipur..........Só não gostei de algo que vi lá, senão me falha a memória...vi um daqueles banheiros públicos para homens...todo aberto.....que falta de vergonha na cara.

Depois de jaipur fomos para mathura. Lá eu não podia sair do hotel porque sentia vontade de vomitar o tempo todo.

As pessoas não tem noção de higiene, o cheiro é insuportável. Mas ainda assim andei lá.......ví meninos fazendo um determinado alimento que não sei o que era........somente sei que os pés deles estavam bem pertinho dos alimentos. que nojo.

Fiquei sabendo que era dia santo.......santo para ele, não para mim....ele parou em um barzinho, e lá estavam vendendo um certo doce que parecia com quibe. Eu olhei dentro daquele balcão e havia muitas moscas sentando no doce.

Acreditem que ele teve a coragem de comprar, e quando chegamos no hotel ele queria me forçar a comer.

Definitivamente eu não comi........ele brigou feio comigo. Mais tarde ele disse " se arrume que nós vamos sair", pensei que estava indo me divertir, e ele me levou em dois templos. Quando chegamos ele me ordenou que fizesse o que ele estava fazendo e eu simplesmente não fiz. Quando saímos de dentro do templo começaram as brigas de novo. Aquela é a religião dele, não a minha......ter respeito pelas pessoas é bom de vez em quando........

Até na hora de dormir ele brigou feio comigo, me questionando o motivo de eu não ter feito o sinal que ele fez. Dizendo que eu pareço mulçumana. Eu nunca ví uma cristã se parecer com mulçumana.

No outro dia vendo que eu ainda estava brava com ele....então ele me perguntou assim. :" você não quer ficar esses dias que faltam na casa da shashi....ela convidou a gente para ir lá.........o que???????

Eu jamais ficaria na casa de alguém lá.............Até porque eu não estava conseguindo me alimentar naquele país. A comida era horrível.

Emagreci tanto, em poucos dias. Eu não me via nessas condições, "sem ar condicionado e sem privacidade".

Eu disse....você falou que ficaria comigo todos os dias.....eu irei com você.

Mesmo com muita raiva dele eu fui junto......se ele estava querendo se livrar de mim, ele se ferrou.

Fomos para outra cidade que não sei muito bem se era shimla, durante o trajeto, observei muito bem as pessoas....as mulheres tem aparência de submissas.

Algo que me chamou a atenção e ninguém falou a respeito até agora, é algo muito nojento.

Aqui no Brasil nós vemos isso também, mas não como lá..... indiano tem costume de ficar limpando o nariz em lugares públicos...eu vi tantas pessoas fazendo isso. Tanto mulheres como homens.

Chegamos em shimla e ele foi trabalhar mas antes dele ir ,eu pedi a ele pão com geléia e sprite.......vieram somente com a bebida.....eu não havia comido nada naquele dia.

E estava sozinha no hotel....comecei a sentir mal de novo, resolvi que iria sair fora do hotel para comprar um lanche.

Não consegui fechar a porta do quarto, porque nunca vi uma fechadura daquele jeito em minha vida...........tive que pedir o tal lanche lá mesmo. Não consegui comer, até no pão velho, com queijo mais velho ainda colocaram pimenta.

Quando ele chegou o homem disse....ela não é indiana.......o menino entrou no quarto e falou...se esconde no banheiro.

Sem saber de nada me escondi, depois que eu saí do banheiro......então ele viu o lanche que eu pedi pra comer e me perguntou, o que é isso???

Contei a ele o que acontecera.....e ele simplesmente começou a chutar tudo que encontrava pela frente...até a minha mala ele chutou........ Só não me chutou porque eu estava deitada naquele momento.

Passado algumas horas ele disse que o problema não era eu.....Era as pessoas daquele lugar

Dois dias depois fomos para Ambala, porque ele teria que fazer um trabalho lá também

O homem que estava na recepção foi informado que eu era estrangeira, mas não pediu os meus documentos, então o menino me falou " aqui não teremos problemas".

No outro dia pedi o celular dele..já que ele havia lido as minhas mensagens, então eu queria ler as dele também.

Ele disse.....não tem nenhuma mensagem escrita......kiss, hug.........eu disse ok, mas eu quero ver

Procurei até encontrar........havia sim uma mensagem em hindi, e no fim essa frase....but i love u so much, kiss you.

O que??????? ele havia dito aquela mesma frase para outra garota.......então brigamos. Ele disse, foi o meu amigo que escreveu para a namorada dele. simplesmente me chamando de idiota não é???

Ele foi trabalhar e eu fiquei sozinha.......somente com maçãs e pêssegos para comer......Precisava comprar algum alimento e blusa de frio para usar dentro do avião. também estava me sentindo tão só.......me sentindo como uma verdadeira prisioneira naquele lugar........ele vivia me dizendo....não saia fora sozinha, você não conhece as pessoas aqui.

Eu saí fora do quarto, e quando estava saindo fora do hotel, o gerente me chamou, e a minha situação lá piorou de vez.

Ele me perguntou algo em hindi, eu não soube responder. Ele viu que eu era estrangeira e pediu o meu passaporte.

Ele me perguntou qual era o grau de parentesco com o menino

Eu não poderia ficar sozinha na india, e muito menos em um quarto sozinha porque não entendia aquelas pessoas pelo telefone, pedí que o menino ficasse comigo.... o gerente do hotel chamou a polícia para olhar os meus documentos e me interrogar..eu me neguei e disse que não falaria com a polícia...porque eu não estava ilegal lá..então o gerente teve que resolver o problema dele com a polícia.........acontece que o gerente havia me feito colocar a data que eu cheguei no hotel naquele dia...ou seja, eu havia chegado no dia anterior...então ele me fez mentir.........eu disse, ok. eu faço isso desde que você não fale nada para o menino....ele concordou comigo.

Me fez dar o telefone de alguém aqui do Brasil para perguntar sobre mim. Perguntou qual era a minha profissão aqui no Brasil. E segurou o meu passaporte com ele. Até o momento de deixar o hotel

Aquele gerente fez da minha vida um inferno

Quando o menino chegou no hotel, nem deixaram o moço subir no quarto...pararam ele e chamaram a polícia para ele....a polícia por sua vez levou ele na delegacia e pediu o telefone da casa dele, ele respondeu que não tinha, então alguém da casa dele ligou no celular e a polícia viu, e perguntou: que inferno é isso aqui? e foi para bater nele., mas não o fizeram....a polícia perguntou o que eu era dele, e ele respondeu que não tinha nenhuma relação comigo, eu era amiga dele ......ligaram para os pais dele e perguntaram se eles estavam sabendo que o C.S estava no hotel sozinho com uma estrangeira do brasil, com o nome de cristiane, e eles disseram que não sabiam.

Quando o moço retornou para o hotel, o gerente colocou ele em outro quarto separado de mim, e no andar de baixo próximo da recepção. Acho que o gerente passou a noite inteira lá.......quando saí de manhã ele ainda estava na recepção.

O menino foi comigo até nova delhi, porque era impossível entender o que estava escrito naqueles ônibus. Eu não conseguiria chegar no aeroporto.

Já em Delhi, fiquei no hotel para descansar, mas com o meu nome na recepção.......o menino falou assim....."se eu estivesse ontém no mesmo quarto com você, eu iria te bater fortemente"

Conclusão: Eu ví a india como uma grande favela.....me desculpe a todos que moram lá

As pessoas são muito estranhas. Uma mulher idosa teve a coragem de colocar a mão no meu ombro e puxar a manga da minha blusa, porque estava aparecendo o meu ombro.

Fiquei calada porque ela era idosa senão.........quando ela desceu eu olhei e vi aquela barriga horrorosa de fora.

Quanta palhaçada, enquanto as atrizes indianas ficam mostrando quase tudo na televisão, nos outdoors ........o país vive essa hipocrisia........as atrizes indianas podem.......as outras não. ok

Eu fui controlada o tempo todo, não pude usar maquiagem, brincos, e ele ficava o tempo todo dizendo pra tomar cuidado com a minha blusa.

Não me deixou usar as roupas que eu queria...............era o que ele escolhia, por isso todas as vezes que eu saí pra tirar fotos eu estava com a mesma blusa.

Só me dei conta depois do que havia acontecido.........Todas as fotos eu estou com a mesma blusa......vc pode imaginar o que é isso????? é ser controlada ao extremo....

Depois ele ficava babando vendo aquelas indianas mostrando o corpo na televisão.

Bom me taxaram de prostituta na india eu acho.......eu havia mostrado as passagens de ida e volta.

Mostrei o meu ticket de entrada no taj mahal, mas mesmo assim não adiantou nada

Bela prostituta sou eu...........eu estava pagando todas as despesas lá.......tanto minha quanto as dele

Aquelas belas palavras não existiram enquanto eu estava na india......essas foram as palavras que saíram da boca dele..." shut up" just shup now" e "stupid girl"

E ele tinha a cara de pau de dizer assim: se eu receber o meu salário o seu dinheiro estará salvo

somente no último dia quando eu estava em delhi, foi que ele retirou o dinheiro do banco. Então me perguntou, vc quer algum dinheiro??? levar rúpias para o Brasil???? eu disse não.

Quando cheguei aqui no Brasil ele disse que eu acabei com a nossa relação.....e também disse isso...."i will never get marriage" essa é a frase dele...

Essa foi a minha viagem............um inferno indiano......um sonho que virou pesadelo.

Nunca acreditem nas belas palavras de um indiano.......eles são mentirosos.
 
Cris.
 
 
.