2 de maio de 2011

Suicidio Lento


Namaskar


Suicídio Lento



Todos já sabemos que suicídio é o ato de terminar com a própria vida.


Em geral, quando se fala sobre ou se noticia um suicídio, encontramos frases como: pulou da ponte, atirou-se do edifício, enforcou-se, cortou os pulsos etc.

Muitas são as formas existentes para se dar cabo de si mesmo. Em geral, o conceito de suicídio impregnado em nosso inconsciente, é o ato deliberado, abrupto, e no geral, violento, de cessar de existir. Todavia, devemos sempre lembrar que o suicídio pode ser também um processo lento, vagaroso, que a maioria das pessoas que o praticam não se dão conta.



Uma pessoa que sofre de diabetes e teima em continuar ingerindo açúcares e carboidratos está praticando o Suicídio Lento. O mesmo vale para uma pessoa com altos níveis de colesterol “mau”, e que continua comendo frituras e alimentos gordurosos.


Fumantes, usuários de drogas, alcoólatras, todos estes praticam o Suicídio Lento; pois encurtam sua expectativa de vida ao não darem importância à saúde.


O Suicídio Lento também é praticado por pessoas com problemas emocionais/psíquicos, que não dão a devida atenção a sua condição; por exemplo não é saudável ter ataques de Pânico. A Síndrome do Pânico provoca tremor, sudorese, diminuição do campo visual, taquicardia e outros sintomas físicos que com o tempo vão causando um desgaste no corpo da pessoa.


De um modo bem amplo, podemos dizer que o Suicídio Lento é praticado por todos que apesar de saberem que possuem problemas de saúde ou hábitos de vida não saudáveis, continuam a agir de modo infantil, ignorando seu problema, seja ele físico ou mental, como se este não existisse; e assim acabam por encurtar os seus anos de vida na Terra.


Caso o Suicido Lento seja um novo conceito para você, por favor pare e pense.


Analise se você ou um ente querido é praticante do Suicido Lento; se a resposta for afirmativa, faça algo para reverter isto.


No fundo, todos nós sabemos o que é certo e o que é errado e qual o melhor caminho que devemos seguir.


Ser um suicida lento... é isso mesmo que você quer para si?






.