16 de maio de 2011

Tigu


Tigu



Aqui na Índia, animais de estimação, não são somente cães, pássaros e peixes de aquário. Aqui são também vacas, elefantes, búfalos, ursos, camelos e cobras.


Você deve ter percebido que não coloquei ‘gatos’ como animais de estimação. Isto porque os indianos nutrem uma fobia inexplicável pelos gatos e os vêem como sendo animais símbolos do azar.


Em 2005 pedi em oração a Deus que me enviasse um cãozinho. Mas Ele tinha outros planos, e me enviou uma gata preta; bem na porta da minha casa!


Aceitei-a como presente divino e comecei a cuidar dela.


Em março de 2006 ela teve 4 lindos gatinhos, em uma caixa forrada que coloquei para ela no quarto do fundo.


Quando seus filhotes estavam com cerca de dois meses de idade ela carregou 2 deles para fora de casa e já estava levando o terceiro na boca quando eu vi e fui correndo pegá-lo. Ela não gostou nada da minha intromissão e pulou a janela para nunca mais voltar.


Um dos gatinhos que restou era rajado e recebeu o nome de Tigu, uma corruptela para ‘tigre’, pois se parecia com um pequeno tigre.


Tigu é meu amado filho-felino.


A simples presença de Tigu em minha casa, fez com que diversos indianos mudassem de opinião em relação aos gatos.


O ponto alto foi quando um conhecido disse que agora tem 4 gatos, após ter vindo em casa e ter visto meu amor pelo Tigu e o dele por mim.


Agora entendo porque Deus me enviou um gato e não um cão!


Em seus 5 anos de vida, Tigu já tocou diversos corações indianos, imagine quantos mais irá tocar... 



.