22 de setembro de 2012

Casamento na Caxemira - Walima



O terceiro e ultimo dia da celebracao do casamento eh o Walima, ou seja, o grande almoco oferecido pela familia do noivo na propria casa dele.

Na Caxemira os casamentos ainda sao feitos em casa. Eles nao desenvolveram o habito de fazerem o casamento em saloes de festa ou em hoteis, ate porque, como leva 3 dias, eh mais facil, pratico e barato fazer na propria casa.

Uma coisa que chamou minha atencao eh o fato deles trocarem de roupa diversas vezes durante o dia.

Tanto as mulheres como os homens. Muculmanos sao seres carnivoros e toda a culinaria Wazawan eh baseada em carne de carneiro e galinha.

Sao 12 preparacoes diferentes de carneiro e galinha, acompanhados de arroz branco e uma pequena salada e iogurte. Eles sempre colocam iogurte na comida, para tirar um pouco do ardido da pimenta.
O encerramento se da sempre com o gigantesco bolinho de carne de carneiro chamado Gushtaba

Eu prefiro nao comer animais e foi feito para mim uma especie de molho de espinafre. Eu comi este molho de espinafre misturado ao arroz durante os 4 dias em que la estive. Comida vegetariana nao eh bem vista pelos caxemirenses.

O Walima, almoco de casamento, eh na verdade e "festa" de casamento, ou "recepcao". Haviam cerca de 700 pessoas das 800 pessoas convidadas. A tradicao manda que os homens almocem primeiro que as mulheres. O almoco comecou as 14:30 para os homens e as 16:30 para as mulheres. Se vc esta se perguntando, "e as criancas?", se for menino, come com os homens; e se for menina, come com as mulheres. Eh o sexo que manda, e NAO e idade.

Eh na ocasiao do almoco, que um membro da familia passa recolhendo o dinheiro que eh ofertado pelos convidados como presente de casamento aos noivos. Na Caxemira NAO se da presente propriamente dito, se da DINHEIRO.

Existe aqui na India uns evelopes decorados especifico para se colocar dinheiro dentro e se oferecer como presente. Eu ja sabendo do costume, segui a tradicao e assim o fiz, dando 3.500 Rupias.

Todo o dinheiro recolhido eh devidamente registrado em um caderno com o nome da pessoa e o valor correspondente. Se voce deu 100 Rupias (dinheiro indiano) para mim no meu casamento, no seu casamento eu te darei tambem 100 Rupias. Por isso eh feito o registro; que eh guardado para sempre.

O almoco acaba por volta das 18 horas, pois leva-se muito tempo para se servir 700 pessoas. E como eh tradicao na India, acaba-se de comer, levanta-se e vai-se embora.

Faltou explicar que o almoco eh no chao. Na verdade tudo eh no chao na Caxemira. Usa-se um grande prato de metal para cada 4 pessoas. NAO se come em prato individual, e como vc ja sabe, pois ja aprendeu aqui no Indi(a)gestao, na India, come-se diretamente com a mao direita, e nao com talheres. Isso mesmo, 4 pessoas enfiando a mao no mesmo prato! Com certeza um costume bastante diferente do ocidental.
Eu, como a unica vegetariana da festa, recebi um prato individual, pois ninguem queria por a mao no meu espinafre!!

Bolinho gigante de carne de cordeiro

Acima esta o maior bolinho de carne de cordeiro que ja vi na vida. Naturalmente ele, de nome Gushtaba, eh grande, pois eh dividido entre 4 pessoas. Veja um dos grandes pratos com comida que eh compartilhado por 4 pessoas. 

Apesar de ser branca, estrangeira e vegetariana, devo dizer que fui MUITO bem tratada por todos. Em nenhum momento, ninguem me fez sentir nao bem-vinda, ou diferente. Pelo contrario, todos foram extremamente doces e cordiais comigo. Tive mais uma experiencia maravilhosa na Caxemira, terra que aprendi a gostar MUITO. 

Os muculmanos sunitas sao pessoas muito amaveis e pelas conversas que tive, muito inteligentes e com uma visao bem aberta do mundo. As mulheres NAO usam burqa e muitas nem cobrem a cabeca. Realmente todos muito modernos e ocidentalizados em certos aspectos. 

Sou muito grata pelo convite para o casamento deste casal islamico cujos nomes nao posso citar. Agradeco por esta maravilhosa experiencia. Adorei tudo e gostaria muito que vc leitor do blog estivesse la comigo para vivenciar tudo de perto. Vc com certeza voltaria com uma opiniao tao mais positiva e diferente dos muculmanos sunitas. 

Resta agradecer a Deus por mais esta oportunidade, a qual tive o imenso prazer de compartilhar com vc aqui no Indi(a)gestao. Obrigada Senhor!!



.