21 de junho de 2006

RESPOSTAS

Nâmaskar

Que bom que vocês estão adorando os filminhos do grupo Indi(a)gestão no You Tube www.youtube.com/group/indiagestao

Ontem eu acrescentei filminhos do meu guru Paramahansa Yogananda, do Osho, do Dalai Lama, do Ramakrishna, do Prabupadha...

Já temos mais de 300 filminhos!!!!! :-)

Beijos e abraços com muito carinho pra Geciara, Melissa, Elci, Paula, Elaine Predis, Valmir, Karina, Jasen, Márcia Daniel, Sydney, Eliza Baroni, Luizão, Selma, Arlete, Elaine Gomes, Wanessa, Fernanda, Catatau, Silvia, Ceres, Priscila Toledo, Lu, Carlinha e Vanessa. Mais alguém quer beijo e abraços com muito carinho??? ;-)

Sónia: Os indianos vão muito pouco à praia e quando o fazem é de vestimenta completa, NADA de maiô, biquíni então nem pensar!!!!!

Sim, ainda resta um pouco de floresta aqui, mas não é como a amazônica não. A flora não é tão exuberante, porém a fauna possui animais de grande porte como rinoceronte, elefante, tigre etc.

Elci: Infelizmente não tem como fazer os indianos “acordar pra real e buscar higiene e outras coisas que faltam aqui”. Há anos cristãos, evangelistas, voluntários, pessoal de ONGs etc. vem pra cá tentar sem sucesso algum!

Sydney: A única coisa que posso dizer sobre gurus indianos é que atualmente tem MUITA falcatrua, e já não é mais como antigamente não, aliás está MUITO longe disso. Lamentável.

Catatau: Meu vínculo com a Índia é meu guru e meu marido.

Wanessa: Sim, sou cristã e faço parte da YSS fundada por Paramahansa Yogananda.

A evangelização está teoricamente (por lei) proibida na Índia, mas pode vir quando quiser porque o que tem de evangelizador ilegal aqui não é brincadeira, tinham dois brasileiros em Kolkata mas agora já foram embora.
O Cristianismo tem aceitação só no sul da Índia. Trocar de religião aqui é algo MUITO polêmico e as vezes os padres e evangelizadores são assassinados. O melhor é fazer o que os budistas fazem, ou seja, conversão em massa. Junta-se umas cem pessoas e de uma só vez elas todas viram budistas, assim a pressão social é menor pro fulano que decidiu se converter.

Vanessa: Menina que pergunta difícil!!!!!!! Já tive maior arranca rabo com meu nego aqui por causa disso. Ele insisti que é classe média e eu tenho CERTEZA que sou classe pobre!
Indiano acha que só porque estudou e fez faculdade isto já automaticamente o torna classe média!!
É tão difícil o conceito de classe por aqui que isto ainda não foi resolvido na minha cabeça até hoje.
Um dentista de Kolkata já disse que escovar os dentes só pela manhã é o suficiente!
Uma médica além de comer só com a mão (sem talheres), ainda usa jornal velho pra por comida! Sei lá Vanessa, é tudo tão louco por aqui.
Telefone celular custa só 10 Reais por mês. Fica muito difícil classificar.
Os melhores bairros pra se morar aqui, são tipo classe média-média aí.
A verdade é a seguinte: como a Índia era um país MUITO paupérrimo, agora que está virando um país pobre, o pessoal está se achando classe média!!! Piada!

Eu também não tenho mesa não mas também não como no chão não, o dono da casa emprestou 2 mesas e 3 cadeiras pra nós. Há 8 anos durmo no colchão de fibra de côco. Agora fala sério, isto é ser classe média???

ESCLARECIMENTO:
Tudo o que escrevo é a pura verdade. Bobagem, mentiras e papagaiadas vocês podem ler em qualquer revista de turismo. Aqui no Indi(a)gestão você vai ter sempre somente a verdade como ela é. Se não lhe agradar basta não ler o blog.

Sejamos honestos, você não paga minhas contas, não me dá dinheiro nenhum pra ler o melhor, mais verdadeiro e mais completo blog sobre a Índia. Quem paga minha conta de luz e Internet é o meu esposo, que tem ralar todos os dias no emprego incluindo aos sábados e só tem o domingo pra descansar. Se você não gosta e não concorda com o que escrevo no blog, basta não ler.

Nossa, estressei. Já te disse que no verão eu viro monstro! :-)

Incredible India!

OM Shanti