19 de julho de 2006

Mussoorie


Namastê

Hoje é a última parte do relato sobre minha pequena viagem.

Como escrevi ontem, passei 2 dias na cidade turística de Mussoorie. Mussoorie é uma cidade pequena que fica encravada no topo de uma montanha pré-Himalaica e portanto o acesso a ela é feito por uma estrada muito sinuosa que chega a causar náusea e com curvas cegas que dá medo!

Bem no meio da cidade tem um teleférico que leva a GUN HILL o segundo pico mais alto de Mussoorie. O passeio de teleférico é curtinho, apenas 400 metros porém bastante inclinado. No topo de GUN HILL há muitos fotógrafos que tiram fotos com as pessoas vestidas com roupas típicas locais, claro que tirei uma foto, uma não, três. :-)

KEMPTY FALL é a cachoeira mais alta da região e a mais famosa de Mussoorie, porém muito muvucada pro meu gosto. Totalmente cercada por lojinhas e restaurantezinhos onde o lixo se acumula. A beleza natural foi substituída pelo comércio e só restou mesmo a cachoeira.
Aqui também eles alugam calção de banho para quiser entrar no lago raso que se forma abaixo da cachoeira. Esta foi a primeira vez que vi uma cachoeira aqui na Índia! O Interessante foi observar que pouquíssimas mulheres entram na água e quando o fazem é de roupa completa inclusive sari!!! E um senhor sardar que entrou de turbante; uma figura o cidadão, de calção de banho, sem camisa, mas o turbante firme e forte na cabeça, uma graça!

Não tem nada mais gostoso do que pegar um riquixá de bicicleta e dar um longo e maravilhoso passeio pelo CAMEL’S BACK ROAD. A CAMEL’S BACK ROAD é uma estradinha muito calma, tranqüila, bem cuidada e gostosa com uma ótima visão do vale e das montanhas. Distribuídos pela estrada há bebedouros e toilets para os que se aventuram fazer os 5 km a pé. Há também pontos de observação com telescópio pra quem quiser ver os picos nevados do Himalaia. Foi muito bom mesmo ter saído da muvuca da cidade e ter feito este pequeno porém delicioso passeio de riquixá. No meio da estrada olhando para cima do morro vê-se uma formação rochosa na forma de um camelo, muito bonitinho! É daí que vem o nome da estrada CAMEL’S BACK ROAD.

Outro lugar interessante é o LAL TIBBA, ou seja, o pico mais alto de Mussoorie. Pagando 20 Rúpias você pode subir a torre de observação e usar o potente binóculos do qual dá pra ver todo o vale e alguns picos do Himalaia.

Mas sem dúvida meu lugar favorito foi a SIR GEORGE EVEREST HOUSE. O acesso ao lugar é muito difícil, a estreita estradinha não é pavimentada mas sim coberta por cascalhos. Furar o pneu é algo comum aqui, assim como derrapar, mas passados esses 6 km de sofrimento e coração na mão, você chega ao lugar mais lindo e fascinante de Mussoorie!

Bem num dos topos da montanha fica a casa de Sir George Everest, o primeiro topógrafo da Índia. Ali também era seu escritório, sem dúvida, local apropriado para um topógrafo.
O pico mais alto do planeta, o famoso Monte Everest recebeu seu nome!

Infelizmente a casa não foi preservada. Portas e janelas já não mais existem, búfalos e cavalos entram e saem da casa quando bem entendem e sempre deixam de recordação grandes e mau cheirosas pilhas de estrume. Uma tristeza! Mesmo assim, andei por toda a casa pulando sobre os montes de merda e observei que em cada cômodo havia uma lareira.
A casa fica num topo tão alto que as nuvens a envolvem completamente dando um clima de magia e mistério, absolutamente fascinante!!!

O centro de Mussoorie é muito fedido pois há pôneis e cavalos por todos os lugares para os turistas, e você já sabe, eles vão andando e cagando...

A cidade é muito úmida por a todo momento é encoberta por uma nuvem devido a sua altitude.
Bem no meio da cidade um pequenino restaurante giratório de péssima qualidade, o legal mesmo é ir lá só pra tomar um refrigerante e dar um giro, literalmente falando :-)

A roda gigante movida a ser humano já não é mais novidade pra mim.

Mas o que mais me chamou a atenção foram os empurradores de carrinho de bebê!!!! Por ser na montanha, as ruas são altos e baixos (parecido com o domínio de mares de morros como em São Paulo) e logo as pessoas com crianças se cansam de carrega-las, sendo assim, contratam um fulano com um carrinho de bebê daqueles antigos da década de 70 onde o bebê ia todo deitado, para empurrar e aliviar os braços cansados dos pais. Não precisa se preocupar, ninguém vai raptar o seu pimpolho, isto aqui é Índia, não é Brasil não.

Quando não tem crianças pra empurrar, eles se oferecem pra empurrar suas compras, assim você fica com as mãos livres pra comprar ainda mais!!

Com o Indiagestão você viaja sem pagar nada e fica conhecendo TUDO que ha de melhor!


Incredible Índia!

OM Shanti