12 de abril de 2007

Realeza e Cremação


Nâmaskar

Indiano telefona para a família momentos antes de ser cremado

"Como vocês podem me cremar?", perguntou o homem durante o funeral.

Do G1, com informações da AFP

Deepak Bhattacharya, um cinquentão morador de Raipur, na Índia, saiu de casa para pagar uma conta de telefone. Antes de voltar, ficou chocado ao saber que estava prestes a ser cremado por sua família, segundo notícia publicada há alguns dias no jornal "Press Trust".

Uma hora depois que Deepak saiu, a polícia pediu a seus parentes que ajudassem a identificar o corpo de um homem que tinha morrido havia pouco tempo.

"O cunhado de Deepak 'reconheceu' o corpo e o levou para casa para os rituais", disse o superintendente de polícia, Sashi Mohan Singh. Na Índia, os funerais costumam ser feitos no mesmo dia em que a pessoa morre. Não se fica velando o morto.

A família, consternada, já se preparava para cremar o falecido quando o telefone tocou. Para assombro geral, era Deepak.

"Eu estou vivo! Como vocês podem me cremar?", gritou ele para sua filha. Segundo a polícia, os dois - Deepak e o homem morto encontrado na rua - são mesmo muito parecidos.

Foto: AFP. Nesta foto vemos um homem com uma profissão pouco comum em outros países do mundo porém comum na India, ou seja, o carregador de lenha para fogueira onde pessoas falecidas são queimadas.

***

Elizabeth 2ª recebe indiana vencedora do "Big Brother" britânico

da Ansa, em Londres

A rainha Elizabeth 2ª comandou na segunda-feira (12) as comemorações do Dia da Commonwealth (ex-colônias britânicas), em que se reuniu com a vencedora do programa de televisão "Big Brother", a atriz indiana Shilpa Shetty.

A rainha e Shilpa conversaram em Londres sobre a importância das relações entre o Reino Unido e suas ex-colônias.

"Participar das atividades da Commonwealth pode ser muito inspirador e pessoalmente gratificante", declarou Elizabeth 2ª. "No difícil e dividido mundo de hoje em dia, acho que é mais importante do que nunca tentar nos respeitar e nos entender mutuamente", acrescentou.

Shilpa esteve envolvida em uma polêmica durante sua participação no "Big Brother" britânico, sendo alvo de comentários racistas por parte de outros participantes do programa.

Os abusos raciais foram imediatamente condenados pelo primeiro-ministro britânico, Tony Blair, e pelo chefe do Tesouro, Gordon Brown, mas isso não impediu protestos nas ruas da Índia.

Incredible India! (slogan do governo indiano)

Om Shanti